Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Boletim Focus: 10ª alta nas projeções do PIB do Brasil

Banco Central do Brasil - Boletim Focus - Copom
Banco Central do Brasil (Imagem: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

Nesta terça-feira (23), o Banco Central divulgou o boletim Focus, revelando ajustes nas projeções do mercado financeiro para a economia brasileira. Mais de 100 instituições financeiras foram consultadas na semana anterior para fornecerem insights sobre as tendências econômicas.

Os analistas revisaram para cima as expectativas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2024, agora projetado em 2,02%, ultrapassando a marca anterior de 1,95%. Esta foi a décima alta consecutiva no indicador que mede a produção total de bens e serviços no país. Para 2025, a previsão permanece estável em 2%.

Essas mudanças vêm após o governo confirmar a intenção de reduzir as metas para o saldo positivo nas contas públicas, concedendo à equipe econômica um espaço adicional de cerca de R$ 160 bilhões para novos gastos em 2024 e 2025. Tal iniciativa pode impactar as políticas monetárias do Banco Central, como indicou o presidente da instituição, Roberto Campos Neto, alertando que o controle da inflação pode se tornar mais desafiador.

conteúdo patrocinado

Os analistas também ajustaram as projeções para a inflação e a taxa básica de juros da economia. Para a inflação, as expectativas subiram ligeiramente, com a previsão para 2024 em 3,73%, ainda abaixo do teto da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para 2025, a estimativa avançou para 3,60%.

Em relação à taxa básica de juros, o mercado espera uma trajetória de queda mais moderada. A projeção para o final de 2024 subiu para 9,50% ao ano, enquanto para o encerramento de 2025, avançou para 9% ao ano. Atualmente, a taxa Selic está em 10,75% ao ano, após seis reduções consecutivas.

Outras estimativas do Boletim Focus

Além desses ajustes, o mercado financeiro também revisou as expectativas para outras variáveis econômicas:

  • Dólar: A projeção para a taxa de câmbio no fim de 2024 subiu para R$ 5, enquanto para 2025 permaneceu em R$ 5,05.
  • Balança Comercial: As projeções para o saldo positivo da balança comercial subiram para US$ 80 bilhões em 2024 e permaneceram em US$ 75 bilhões para 2025.
  • Investimento Estrangeiro: As estimativas para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil aumentaram ligeiramente, para US$ 67,3 bilhões em 2024 e US$ 73,5 bilhões em 2025.

Os ajustes refletem as perspectivas do mercado financeiro em meio a mudanças nas políticas econômicas e condições globais, destacando a importância de monitorar de perto os indicadores econômicos para entender os possíveis desdobramentos nos próximos anos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado