Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Servidores do Banco Central do Brasil aprovam proposta salarial

Banco Central do Brasil - Agência Brasil - Copom - BC - Ata Copom
(Imagem: Marcello Casal/Agência Brasil)

Os servidores do Banco Central do Brasil (BC) aprovaram, em assembleia realizada na última quarta-feira, a mais recente proposta salarial apresentada pelo governo. Segundo o Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), a decisão foi tomada em um encontro que contou com a participação de aproximadamente 1.500 membros. Assim, alcançando uma aprovação expressiva de 80% dos votos.

De acordo com o acordo aprovado, os servidores receberão um reajuste de até 10,9% em janeiro de 2025 e um aumento adicional de até 10,9% em maio de 2026. Além disso, houve uma mudança na nomenclatura do cargo de “analista” para “auditor”, acompanhada de um acréscimo de prerrogativas funcionais, conforme informado pelo sindicato.

“Agora, com a aprovação da proposta, o próximo passo é a assinatura do termo de acordo com o governo federal, o que deve ocorrer nos próximos dias”, afirmou um representante do Sinal.

conteúdo patrocinado

O movimento dos servidores do Banco Central do Brasil em busca de melhores condições de trabalho e salários mais competitivos ocorria desde o ano passado. Esse movimento vinha impactando a divulgação de diversos indicadores econômicos e financeiros do banco. Por exemplo, as notas econômico-financeiras, a taxa de câmbio Ptax, além do Focus e do fluxo cambial. Com a aprovação da proposta, encerra-se esse período de tensionamento, trazendo um desfecho positivo para ambas as partes envolvidas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado