Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Temporada de pesca de lagostas ganha novas regras

Temporada de pesca de lagostas ganha novas regras
(Foto: Divulgação/Ibama).

O governo brasileiro estabeleceu um limite para a captura de duas espécies de lagostas para a temporada de 2024. A medida visa preservar as populações de lagostas vermelha (Panulirus argus) e verde (Panulirus laevicauda) e contribuir para a sustentabilidade do setor pesqueiro no Brasil.

A portaria interministerial do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) e do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) fixou um limite máximo de captura de 6.192 toneladas para as duas espécies. O objetivo é que a captura seja encerrada ao atingir 95% desse limite, ou até 31 de janeiro de 2025, caso a marca não seja atingida.

 

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Esta decisão foi tomada após uma análise das populações das duas espécies, baseada em recomendações científicas e em consultas a pescadores, pesquisadores, empresários e organizações da sociedade civil. A pesca da lagosta é de grande importância econômica e social nas regiões Norte e Nordeste, sustentando mais de 100 mil pessoas direta ou indiretamente.

O diretor-substituto de Gestão Compartilhada de Recursos Pesqueiros do MMA, Roberto Ribas Gallucci, destacou que a medida adota melhores práticas para garantir a sustentabilidade dos estoques pesqueiros. Jocemar Tomasino Mendonça, diretor de Territórios Pesqueiros e Ordenamento do MPA, enfatizou a importância de tornar a pesca da lagosta sustentável e não excludente, garantindo ganhos para os pescadores.

 

O monitoramento do limite de captura será feito por meio da Declaração de Entrada de Lagosta em Empresa Pesqueira, a ser enviada em até 3 dias úteis após a data da nota fiscal de venda ou da nota de produtor. A declaração pode ser preenchida no site do MMA.

Além disso, o governo proibiu o transporte e desembarque de lagostas mortas e a caça de fêmeas ovadas. Para armazenamento e beneficiamento, é necessário enviar uma declaração de estoque em até 7 dias após o fim da temporada, também disponível online.

Outras regras para a pesca, como o defeso anual e os equipamentos permitidos, permanecem em vigor. A portaria interministerial publicada no Diário Oficial da União detalha essas novas ações, visando a proteção dos ecossistemas marinhos e a sustentabilidade da pesca de lagostas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado