Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Dólar cai após Ata do Copom e influência externa

Dólar
(Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil)

O dólar encerrou a sessão desta terça-feira (14) em baixa, influenciado pelos efeitos da recente ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e pelas movimentações no mercado internacional de divisas. A moeda norte-americana, que havia interrompido uma sequência de três altas na segunda-feira, fechou o dia cotada a R$ 5,130 para compra e venda, registrando uma queda de 0,39%.

No mercado futuro, o contrato de dólar com primeiro vencimento apresentou uma redução ainda mais forte, caindo 0,57% e fechando o dia com 5.136 pontos, conforme os dados coletados às 17h35, horário de Brasília.

Durante o dia, o Banco Central atuou no mercado de câmbio através do leilão de 12 mil contratos de swap cambial tradicional, com o objetivo de rolar vencimentos para o dia 1° de julho de 2024. Essa ação é parte dos esforços contínuos da instituição para estabilizar o mercado de câmbio.

conteúdo patrocinado

A ata do Copom, um fator chave para o movimento de baixa do dólar, revelou uma postura mais contracionista e cautelosa por parte de todos os membros da diretoria do Banco Central. Esta posição ocorre mesmo diante de uma decisão dividida sobre o ritmo de corte da taxa Selic, destacando a complexidade do cenário econômico atual.

O mercado financeiro está atento aos próximos dados de inflação ao consumidor (CPI) nos Estados Unidos, que são altamente influentes nas expectativas sobre a trajetória futura dos juros básicos americanos.

Além do dólar comercial, o dólar turismo também sofreu alterações, sendo negociado a R$ 5,165 para compra e a R$ 5,345 para venda. Assim, refletindo as nuances do mercado de câmbio em um contexto de incertezas econômicas tanto no cenário doméstico quanto internacional.

Leia também: 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado