Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Conheça a companhia aérea onde cães voam de primeira classe

Companhia aérea oferece luxo e conforto aos pets

Conheça a companhia aérea onde cães voam de primeira classe
(Foto: Divulgação/BARK Air).

A BARK Air, nova companhia aérea de luxo para cães e seus donos, realizou seu voo inaugural na quinta-feira (23), partindo de Nova York com destino a Los Angeles. O CEO da empresa, Matt Meeker, afirmou que a ideia surgiu após enfrentar dificuldades para transportar seu dogue alemão, Hugo. “Não pude viajar com ele por longas distâncias e tive a ideia de que deveria haver uma companhia aérea que atendesse cachorros”, disse Meeker. Ele também é fundador da BarkBox, um serviço de assinatura de produtos para cães da Bark Inc.

A experiência de voo

A experiência de voo na BARK Air começa com um lounge repleto de guloseimas e um check-in rápido. A companhia oferece um spa a bordo para os cães, com “champanhe para cachorros” e “barkaccinos”. Os cães podem socializar com outros animais na cabine “centrada no cão”, recebendo guloseimas, protetores de ouvido com cancelamento de ruído e bebidas à escolha. “Nós oferecemos de tudo ao cachorro, tentando diminuir sua ansiedade e estresse, para que eles tenham uma experiência confortável e sem medo a bordo do avião”, explicou Meeker.

 

Publicidade

Capacidade e preços

Cada voo pode transportar até 10 cães, embora a aeronave de luxo possa comportar até 15 pessoas. As passagens custam US$ 8 mil para voos internacionais e US$ 6 mil para voos domésticos, cobrindo o transporte de um cachorro e um humano. Meeker reconhece que os preços são elevados, mas espera uma redução no futuro. “Estamos operando no prejuízo agora no começo. A ideia é que, com o tempo, tenhamos um caminho claro para reduzir o preço para o consumidor e também diminuir os nossos custos. E isso vem com escala e mais rotas.”, disse.

Expansão de rotas

Atualmente, a BARK Air voa entre Nova York, Los Angeles e Londres. A empresa já recebeu 15 mil pedidos para incluir novos destinos e considera adicionar voos para Paris, Milão, Chicago, Seattle, além de rotas sazonais para a Flórida e o Arizona. Em uma postagem no Instagram durante o voo inaugural, a empresa destacou: “Neste momento, a uma altitude de 30.000 pés, há um voo cheio de cães. Aqui, os cães são a principal prioridade.”

Aceitação dos consumidores

As passagens para o voo inaugural estavam esgotadas. Segundo a BARK Air, o serviço foi lançado para tornar as viagens de longa distância mais confortáveis para cães que não cabem sob os assentos em aeronaves comerciais. “Muitas vezes, os cães são impedidos de viajar, ficam confinados em uma mochila ou suportam o estresse de voar no bagageiro”, declarou a empresa ao anunciar os voos em abril.

Operação e infraestrutura

A BARK Air opera como um serviço público fretado, utilizando jatos Gulfstream G5 espaçosos. Cada ingresso para cachorro inclui um passe para um humano. As famílias podem adquirir passes adicionais, mas crianças menores de 18 anos não são permitidas a bordo. Não há restrições de tamanho ou raça para os cães.

Custo e expectativas

Um voo de ida de Nova York a Los Angeles custa US$ 6 mil (R$ 30.897 na cotação atual) para um cachorro e um humano. Uma passagem de Nova York a Londres custa US$ 8 mil (R$ 41.196). Meeker reconheceu o alto custo do serviço, mas afirmou que espera que os preços diminuam com o aumento da demanda. “[A operação] tem um custo proibitivo para a maioria das famílias, mas é mais barato do que a maioria das opções atuais. E foi também assim que começaram a maioria dos produtos e serviços inovadores”, disse.

Missão da Bark

Fundada em 2011, a Bark, empresa que vende rações e outros produtos para cães, anunciou a nova experiência de aviação para caninos em abril. “Acreditamos que esta iniciativa aumentará o conhecimento da missão e dos valores da nossa marca, apresentará a família Bark a mais amantes de cães e ajudará a enriquecer a vida dos cães e de suas pessoas em todo o mundo”, declarou a empresa no lançamento.

Com a nova companhia aérea, os cães deixam as casinhas e voam na primeira classe, proporcionando uma experiência única tanto para os animais quanto para seus donos. Dessa forma, a companhia aérea pretende expandir suas rotas e reduzir os preços, tornando as viagens de luxo mais acessíveis para um número maior de famílias.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado