Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Substituição de CEO por IA; as empresas com dificuldades seriam as primeiras

Inteligência Artificial substitui líderes nas corporações

A adoção de IA na liderança empresarial é uma tendência crescente.
A adoção de IA na liderança empresarial é uma tendência crescente na china. (Foto:Pavel Danilyuk/Pexels)

A gestão empresarial é como um jogo de xadrez e, em 2022, a NetDragon Websoft, uma empresa chinesa no setor de jogos online, gerou grande impacto ao anunciar a substituição do seu CEO por um algoritmo de inteligência artificial chamado Tang Yu. A decisão, inspirada por figuras como Jeff Bezos e Elon Musk, tinha o objetivo de remover vícios nas falhas humanas na tomada de decisões e basear as estratégias empresariais em dados precisos e imparciais.

Primeiras Reações e Impactos

A nomeação de Tang Yu teve repercussões imediatas no mercado financeiro. Após o anúncio, as ações da NetDragon subiram 10% na bolsa, demonstrando o otimismo dos investidores quanto à eficácia e ao potencial da substituição de CEO por IA. Marcus Giorgi, sócio da EXEC, uma empresa especializada na seleção e desenvolvimento de altos executivos, afirmou que essa tendência era inevitável.

CEO Automatizado

Outra empresa que seguiu um caminho semelhante foi a Dictador, uma fabricante de rum na Polônia. Em novembro de 2023, anunciaram a nomeação de um CEO humanóide de IA chamado Mika. Em uma postagem no LinkedIn, Mika destacou sua capacidade de fazer escolhas imparciais e estratégicas. Mika afirmou ser desprovido de preconceitos pessoais, sempre priorizando os melhores interesses da organização.

Publicidade

Leia Também:

Empresas Sem Liderança

Para Jackson Pereira Jr., articulista de negócios do Economic News Brasil, a mudança trazida pela IA nas corporações será enorme tanto nos níveis estratégicos quanto nos escalões inferiores. Ele apontou que empresas com dificuldades de liderança poderiam começar a substituir a gestão operacional por IA, mantendo alguns humanos para pensar além das máquinas.

Pesquisa e Dados

Em 2023, a EdX, uma plataforma de aprendizado online fundada por administradores de Harvard e do MIT, realizou uma pesquisa com centenas de executivos. Os resultados foram impressionantes: quase metade dos participantes acreditava que a maioria ou todas as funções de CEO poderiam ser automatizadas ou substituídas por IA. Esses dados destacam a crescente aceitação da substituição de CEOs por IA no cenário corporativo.

A ideia de um líder de IA começa a ganhar força nas empresas, mesmo que, em alguns casos, isso pareça apenas uma estratégia de marketing. No entanto, para companhias com problemas de liderança e pouco a perder, essa inovação pode se tornar uma realidade. Empresas bem-sucedidas já começaram a substituir cargos de liderança por IA, buscando decisões estratégicas mais eficientes e imparciais.

Algoritimos

A adoção de IA na liderança empresarial é uma tendência crescente, especialmente na China, onde centenas de empresas estão optando por substituição do cargo de CEO por algoritmos. A argumentação por trás dessa mudança reside na eficiência, imparcialidade e consistência na tomada de decisões proporcionadas pela IA. O exemplo da NetDragon e outras empresas pioneiras serve como um indicativo do futuro da gestão corporativa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado