Pesquisar
Close this search box.

7ª Reunião da ALPESCAS em Fortaleza

Pesca Sustentável
(Foto: Quang Nguyen Vinh/Pexels)

Nos dias 02 e 03 de dezembro, o Marina Park, localizado em Fortaleza, será o palco da 7ª Reunião Ordinária da Aliança Latinoamericana da Pesca Sustentável (ALPESCAS). Este encontro estratégico reunirá representantes de entidades de países latino-americanos, focados em questões cruciais da Pesca e Aquicultura Sustentáveis.

Representação Brasileira e Participantes

O Brasil será representado pelo CONEPE, com a participação de membros como o Sindicato das Indústrias de Frio e Pesca no Estado do Ceará (Sindifrio) e o Sindipesca CE-PI. Estes representam, respectivamente, as indústrias de Pesca e Frio e os armadores. Além disso, líderes setoriais pesqueiros de países como México, El Salvador, Equador e Chile marcarão presença. O evento, realizado em formato híbrido, também incluirá contribuições de representantes europeus e globais, com a presença do Presidente da Europêche, líder da Coalisão Internacional de Associações de Pesca- ICFA.

Objetivos e Temáticas do Evento

O primeiro dia do evento, aberto ao público, contará com a presença do Secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura – MAPA e representantes do Governo Estadual. O enfoque será técnico/setorial, discutindo temas como sustentabilidade, impacto global da
atividade pesqueira, geração de emprego e renda, segurança alimentar, e sua integração na Economia do Mar. Serão abordadas ainda questões como o Gerenciamento Espacial Marinho, monitoramento tecnológico, dados ambientais, sociais e econômicos, e a adoção de práticas sustentáveis na pesca.

Participação e Decisões da ALPESCAS

Sob a presidência de Osciel Velasquez, presidente da Sociedade Nacional de Pesca do Chile – SONAPESCA, a ALPESCAS, após este encontro em Fortaleza, buscará formalizar sua constituição jurídica. Com isso, a aliança aspira a ter uma voz mais ativa em fóruns internacionais e participar de maneira mais efetiva nas decisões que impactam o setor pesqueiro, sempre guiada por princípios científicos, de direitos e diplomacia.

Importância da Pesca no Ceará

A escolha de Fortaleza como sede desta reunião significativa não foi por acaso. A relevância da pesca no Estado do Ceará, sua tradição marítima, o comprometimento da FIEC com a Economia do Mar, o apoio do governo estadual ao desenvolvimento sustentável, a liderança nas exportações brasileiras de pescados, e o envolvimento das indústrias e produtores locais em práticas de manejo responsável foram fatores decisivos. Destacam-se, nesse contexto, o potencial de recursos como lagostas e atuns, além da valorização e desenvolvimento da produção local.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado