Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Google investe US$ 1 bilhão na compra de edifício

Essa compra se soma a outro US$ 1 bilhão que, estima-se, o Google tenha gasto na construção de um edifício de 11 andares. Foto de RODNAE Productions no Pexels

O Google anunciou na semana passada a compra de um prédio de escritórios em Londres por US$ 1 bilhão. Esse anúncio foi surpreendente para muitos, pois parece inviável gastar tanto dinheiro quando uma porcentagem significativa de pessoas quer trabalhar remotamente. Essa compra se soma a outro US$ 1 bilhão que, estima-se, o Google tenha gasto na construção de um edifício de 11 andares que parece um arranha-céu horizontal e terá um jardim na cobertura.

Em setembro de 2021, a Forbes informou que a gigante das buscas comprou o edifício St. John’s Terminal na Hudson Square de Manhattan por US$ 2,1 bilhões. Em uma postagem no blog da empresa na época, Ruth Porat, CFO, anunciou a compra do Terminal de St. John em Manhattan por US$ 2,1 bilhões.

“O Google teve a sorte de chamar Nova York de lar por mais de 20 anos, período em que crescemos para 12.000 funcionários. A vitalidade, criatividade e talento de classe mundial de Nova York são o que nos mantém enraizados aqui. É por isso que estamos anunciando hoje que estamos aprofundando nosso compromisso com a cidade e pretendemos comprar o Terminal de St. John em Manhattan por US$ 2,1 bilhões, que servirá como âncora do nosso novo campus Hudson Square”.

conteúdo patrocinado

Anteriormente, a Alphabet, holding que engloba o Google, propôs a construção de um grande projeto de cidade própria em Mountain View, Califórnia. O gigante da tecnologia construirá uma combinação de casas, lojas de varejo, parques e recreações e um campus corporativo de 40 acres. A visão do Google, chamada de “Middlefield Park Master Plan” oferece cerca de 1,33 milhão de pés quadrados de espaço para escritórios, juntamente com moradias residenciais, espaço recreativo ao ar livre, edifícios comerciais, lojas de varejo e um host de outras comodidades.
Fonte: Forbes.com.br

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado