Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Com faturamento de R$ 2 bilhões, lucro da Movida sobe 136% no primeiro trimestre

Foto: Divulgação

No primeiro trimestre deste ano, a Movida registrou pela primeira vez a marca R$ 2 bilhões na receita líquida. O lucro foi de R$ 258,1 milhões – margem líquida de 13,1% -, representando crescimento de 136% no comparativo com o igual período de 2021. Mesmo com o setor muito afetado nos últimos anos por conta da baixa no volume das viagens turísticas, que motiva a locação de muitos veículos, o resultado da Movida Aluguel de Carros é reflexo das estratégias da empresa com plano de redução de custos e ocupação das frotas elevadas, traçadas pelo CEO Renato Franklin.

A frota contabilizada foi de 192 mil veículos, alta de 57%.

Confira comunicado:

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

A empresa brasileira Movida atua na locação de veículos, terceirização de frotas e venda de seminovos. Fundada em 2006, já nos seus primeiros anos, a companhia atingiu uma boa expansão no mercado, registrando mais de 29 pontos de atendimento e média de 2,4 mil carros. Em 2013, foi adquirida pelo então grupo JSL, hoje Simpar. No ano seguinte, já contabilizava 82 pontos de atendimento e uma frota de mais de 36 mil automóveis rodando no Brasil. Sua sede está localizada no município de Mogi das Cruzes, no estado de São Paulo.

Controle

Hoje, além da Movida, a holding Simpar controla outras seis empresas, como: JSL, Vamos, CS Brasil, CS Infra, Original e Banco BBC Digital, atuando nos setores de logística, mobilidade, saneamento, concessões e serviços financeiros.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado