Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Empreendedora estima faturar R$ 250 milhões em 2022 com locação de computadores

Foto: Divulgacão

Foi no final dos anos 2000, quando ela teve a ideia de empreender. A empreendedora observou que até existiam empresas que alugavam computadores, mas poucas com serviços de manutenção das máquinas, e nenhuma com o que ela julgava ser o principal na operação.

Formada em direito, Andrea Rivetti, investiu cerca de R$ 30 mil para iniciar a Arklok e analisava criteriosamente cada investimento que seria realizado. “Eu pensava que cada R$ 1 real investido no galpão [usado como escritório e depósito] eu deixaria de comprar computadores. Fomos crescendo de forma muito conservadora. Com isso, conseguimos ganhar escala.”

De acordo com Rivetti, o principal desafio no início foi convencer os empresários sobre os benefícios de alugar equipamentos ao invés de imobilizar. “Brasileiro é muito patrimonialista, o processo de convencimento era muito mais difícil.” Nas reuniões, ela apresentava planilhas financeiras para comprovar que o aluguel, em conjunto com o serviço (combo conhecido como full outsourcing), teria mais resultado do que comprar os equipamentos e, futuramente, precisar conserta-lo.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Com o tempo, ela conquistou contratos importantes, como as lojas da Samsung e Localiza. Isso contribuiu para consolidar a marca no mercado para conquistar potenciais clientes por meio da visibilidade e “divulgação boca a boca”, como diz. Conforme matéria publicada no portal Pequenas Empresas Grandes Negócios, Rivetti também atribui o crescimento da empresa à adesão dos brasileiros ao novos serviços de tecnologia.

A pandemia, aliás, foi um período de muito trabalho para a empreendedora. Apesar de o crescimento anual se manter no nível dos 60%, ela conseguiu aumentar sua carteira de pequenas e médias empresas – hoje de 32% –, que eram mais resistentes. No ano passado, a empresa atingiu um faturamento de R$ 105 milhões.

A empresária diz que o foco foi atender clientes em potencial, que demandaram ainda mais atenção. “Precisamos levar três mil pessoas da M.Dias Branco para o home office em 24 horas”, exemplifica. Além disso, a empresa precisou reforçar esquemas de segurança e atualização das máquinas, durante o trabalho remoto.

Metas

Atualmente, a Arklok tem cerca de 310 colaboradores diretos, fora os terceirizados, e mais de 200 mil itens alocados em cerca de 900 clientes.

Agora, mesmo com o retorno do trabalho híbrido, ela acredita que a mentalidade das empresas tenha evoluído. Para 2022, projeta que a tendência seja de mais crescimento. A estimativa é fechar o ano com um faturamento de até R$ 250 milhões.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado