Vendas de carros elétricos superam carros a combustão na China

(Foto: Kindel Media/pexels)

O mercado automotivo chinês, considerado o maior do mundo, apresenta uma tendência que deve se espalhar para outros países: as vendas de carros elétricos estão em ascensão, enquanto as de veículos a combustão estão em queda.

De acordo com estatísticas do primeiro trimestre, as vendas de automóveis na China caíram 13%, mas as vendas de veículos elétricos e híbridos plug-in tiveram um aumento de 22%, enquanto os veículos a combustão registraram um declínio de 22%.

Grande parte do sucesso se deve à BYD, uma montadora chinesa que ultrapassou a Tesla em entregas de carros elétricos no ano passado e que é investida por Warren Buffett.

As vendas da BYD cresceram quase 69% este ano, o que representa uma participação de mercado de 11%, superando Volkswagen e Toyota.

Embora a BYD possua alguns modelos híbridos, classificados como “emissão zero”, a fabricante chinesa está em negociação para adquirir um complexo industrial da Ford na Bahia e estabelecer sua primeira fábrica de carros elétricos no Brasil.

Um dos modelos cotados para produção nacional é o Yuan EV Plus, atualmente vendido por R$ 270 mil, mas a BYD planeja reduzir o preço com a fabricação local.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado