Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

AB InBev registra lucro líquido abaixo das expectativas no segundo trimestre de 2023

A aquisição que confirmará a entrada da Monster no mercado da cerveja deverá ser concluída ainda no primeiro semestre de 2022.
Foto de ELEVATE no Pexels

A Anheuser-Busch InBev (AB InBev), maior cervejaria do mundo, divulgou nesta quinta-feira (3) os resultados financeiros do segundo trimestre de 2023, apresentando um lucro líquido de US$ 339 milhões. Esse valor é significativamente menor em comparação com o ganho de US$ 1,6 bilhão obtido no mesmo período do ano anterior.

A empresa enfrentou desafios no segundo trimestre, refletindo em seus resultados financeiros, mas a AB InBev continua sendo uma das líderes do mercado cervejeiro global, mantendo sua posição estratégica na indústria. A companhia busca se adaptar ao cenário dinâmico e competitivo, buscando impulsionar seu desempenho nos próximos trimestres.

A receita total da AB InBev, que é a controladora da AmBev no Brasil, atingiu US$ 15,12 bilhões no trimestre encerrado em junho, mostrando um crescimento em relação aos US$ 14,79 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. No entanto, mesmo com o aumento da receita, o resultado também não alcançou as expectativas dos analistas, que esperavam US$ 15,38 bilhões.

conteúdo patrocinado

Apesar disso, a receita orgânica da empresa teve um desempenho positivo, crescendo 7,3%, superando as estimativas fornecidas pela própria AB InBev, que esperava uma alta de 6,4%. No entanto, o volume de vendas registrou uma queda de 1,4%, em linha com as expectativas. Apenas na América do Norte, o volume sofreu uma expressiva queda de 14,5%.

Outro indicador relevante para a cervejaria, o Ebitda normalizado, também apresentou queda, chegando a US$ 4,91 bilhões no trimestre, em comparação com os US$ 5,1 bilhões obtidos no mesmo intervalo de 2022.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado