Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Setor bancário apresenta resiliência no primeiro semestre, aponta XP

Apesar dos desafios enfrentados no primeiro semestre pelo setor bancário, as empresas demonstraram, em sua maioria, balanços sólidos para superar os obstáculos, segundo avaliação da XP Investimentos.

Em um relatório divulgado para seus clientes e o mercado, a XP analisa que a primeira metade do ano foi mais desafiadora do que o previsto, mas muitas empresas “conseguiram atravessar esse período turbulento e o pior parece ter ficado para trás”.

De acordo com a análise dos analistas Bernardo Guttmann, Matheus Guimarães e Rafael Nobre, o segundo trimestre deste ano teve um desempenho positivo, apesar do ambiente macroeconômico desafiador que impactou as receitas com tarifas e indicadores de inadimplência.

Publicidade

“Um grande número de empresas em nosso universo de cobertura manteve o foco na eficiência e apresentou progressos nos resultados. Vemos isso como um facilitador para aprimorar os resultados quando as condições macroeconômicas forem recuperadas”, destacam os analistas.

No setor bancário, mesmo com o aumento das provisões, o Itaú e o Banco do Brasil conseguiram reportar dados resilientes e uma rentabilidade sólida.

Por outro lado, as empresas voltadas para o mercado de capitais tiveram uma atividade mais moderada, especialmente devido à “aceleração rápida e imprevista que ocorreu nos últimos dias de junho e que definiu o clima para o restante do ano”, afirmam os analistas. Eles também destacam as melhorias operacionais sequenciais de fintechs, com Nubank e Inter, apresentando resultados acima do projetado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado