Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

80% dos brasileiros acreditam que “blockchain” impacta suas vidas

Foto: Olya Kobruseva/Pexels

Na quinta-feira, 24, a Sherlock Communications divulgou um estudo que revela como 80% dos cidadãos brasileiros entrevistados estão convencidos de que a tecnologia blockchain terá um impacto significativo em alguma área de suas vidas nos próximos anos. 

A pesquisa pintou um quadro abrangente do cenário das criptomoedas no país. Quando consultados sobre o grau de modernização do Brasil nesse campo, os brasileiros mostraram a maior confiança entre todas as nações latino-americanas: em 2020, 37% opinavam que o país estava atrasado, número que agora caiu para 27%. 

O estudo também apontou que 36% dos participantes brasileiros consideram as criptomoedas como um meio seguro de investimento. Para 46% dos brasileiros, a segurança é um elemento essencial na hora de decidir investir, ou não, nesse mercado.  Para 35% dos brasileiros, as plataformas de investimento também deveriam ser mais intuitivas e exigir menos conhecimentos técnicos.

Publicidade

A pesquisa também ressaltou a importância da regulamentação no setor. Para 35% dos entrevistados do Brasil, a perspectiva de investir aumentaria consideravelmente se houvesse uma regulação adequada, enquanto 18% afirmam estar aguardando regulamentação. Embora o Brasil tenha aprovado o Marco Legal das Criptomoedas, grande parte da regulamentação ainda depende das definições do Banco Central.

Em relação às motivações, 32% dos brasileiros veem o investimento em criptomoedas como uma salvaguarda contra a instabilidade financeira. O complemento de renda é a principal razão mencionada por 42% dos entrevistados. Adicionalmente, 30% apontam a falta de recursos financeiros como uma barreira para ingressar no setor.

No momento presente, 14% dos entrevistados brasileiros afirmam possuir algum tipo de investimento em criptomoedas, entretanto, 25% acreditam que essas moedas irão desempenhar um papel “amplamente utilizado” em um “futuro próximo”.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado