Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Febraban: “Desenrola” ultrapassa R$ 11 bi em renegociações

Febraban
Imagem: Febraban/Divulgação

Desde o lançamento do programa “Desenrola Brasil” em meados de julho, os bancos brasileiros já renegociaram cerca de R$ 11,7 bilhões em dívidas. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) revelou nesta semana esse levantamento. Tal iniciativa tem como foco principal resolver as dívidas de pessoas físicas que estavam negativadas até 31 de dezembro de 2022, com renda de até R$ 20 mil.

Nesse período, mais de 1,6 milhão de contratos de renegociação foram efetuados, beneficiando aproximadamente 1,25 milhão de clientes. A adesão ao programa continua aberta até o dia 31 de dezembro deste ano.

O programa “Desenrola Brasil” foi uma promessa de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e tem como objetivo principal promover um mutirão de renegociação de dívidas de pessoas físicas, visando retirar indivíduos da lista de negativados e restabelecer o potencial de consumo da população.

Publicidade

O programa removeu aproximadamente 6 milhões de clientes que possuíam dívidas bancárias de até R$ 100. Isso significa que, caso esses devedores não tivessem outros débitos pendentes, seus nomes ficaram “limpos” nos sistemas de proteção ao crédito.

Inicialmente, o Ministério da Fazenda estimava que cerca de 1,5 milhão de pessoas seriam beneficiadas por essa medida, mas essa meta foi superada já na primeira semana de implementação do Desenrola.

A iniciativa tem recebido elogios do presidente da Febraban, Isaac Sidney, que ressalta o envolvimento total dos bancos e sua contribuição para a redução do número de consumidores negativados, além de auxiliar milhões de cidadãos a reduzirem seu endividamento.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado