Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Brasil abandona liderança dos juros reais no mundo

O Ministro da Fazenda, Fernando Haddad.
(Foto: Divulgação)

De acordo com um levantamento realizado pela Infinity Asset e MoneYou, O Brasil, que liderou o ranking de juros reais por sete vezes consecutivas, agora possui uma taxa de juro real de 6,4%, enquanto o México registra 6,6%. Com isso, o Brasil finalmente deixa o posto de país com o juro mais alto do Mundo. Esses números foram calculados considerando a inflação esperada para os próximos 12 meses.

O relatório sobre o cenário interno aponta para desafios globais na condução da política monetária. No caso do Brasil, a redução recente da Selic busca dissipar dúvidas sobre a ancoragem das expectativas de inflação, mas também enfatiza a necessidade de um arcabouço fiscal mais sólido, que foi aprovado com premissas excessivamente otimistas de superávit.

Enquanto isso, o cenário global também é complexo. Nos Estados Unidos, apesar de uma série de indicadores econômicos negativos, persistem pressões inflacionárias e desafios no mercado de trabalho. Na China, o sistema bancário e de crédito enfrenta crescentes problemas. Na Europa, as elevações recentes de juros têm impactado a economia e a inflação, e o Japão sinaliza a retirada de estímulos.

Publicidade

O ranking global de juros reais é agora liderado pelo México (6,6%), seguido pelo Brasil (6,4%), Colômbia (5,1%), Hungria (5,05) e Indonésia (4%), demonstrando a diversidade de desafios econômicos enfrentados pelos países em todo o mundo.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado