Massa e Milei: confronto decisivo no debate presidencial da Argentina

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Na noite deste domingo (12), o ministro da Economia, Sergio Massa, e o candidato ultraliberal, Javier Milei, participam do terceiro debate presidencial na Argentina, marcado para 19 de novembro. Este confronto torna-se crucial, com pesquisas eleitorais indicando uma disputa acirrada, dentro da margem de erro.

De acordo com as regras da Câmara Nacional Eleitoral (CNE), os temas debatidos na Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires incluirão economia, relações internacionais, educação, saúde, produção, trabalho, segurança, direitos humanos e convivência democrática. A transmissão será pela TV estatal, com sinal disponível para todas as emissoras do país, além de uma transmissão por streaming às 21 horas.

Após sorteio, Milei, da coligação A Liberdade Avança, ocupará o púlpito à esquerda, enquanto Massa, da União pela Pátria, à direita, com liberdade para circular no espaço. A CNE destaca a necessidade de respeito mútuo, tratamento cordial e debate focado em ideias, evitando opiniões pessoais e agressões. A legislação eleitoral torna obrigatória a participação, com ausência sujeita a penalidades na propaganda audiovisual.

Especialistas consideram improvável uma ausência, dada a polarização. Pesquisas recentes divergem: uma do Celag dá vantagem a Massa, enquanto a CB Consultoria aponta Milei à frente. A decisão dos eleitores pode ser crucial, já que as diferenças são mínimas e a incerteza entre 8% dos entrevistados persiste. O debate promete ser um ponto de virada nesta acirrada disputa presidencial.

Mais Lidas

Últimas Notícias

LEIA MAIS