Federação dos Petroleiros alerta para pressões na Petrobras

Petrobras informa alterações nos dividendos e JCP por ação devido a recompra de ações. Conheça os valores e datas de pagamento.
Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobras

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), vinculada ao PT, emitiu uma nota alertando para pressões sobre a administração da Petrobras. Dessa forma, destacou preocupações com possíveis interferências políticas prejudiciais à empresa. Na véspera, rumores sobre a substituição do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, circularam, mas o Palácio do Planalto negou tal movimento. A FUP não identificou o bloco político envolvido. O coordenador-geral da FUP, Deyvid Bacelar, enfatizou a luta por mudanças na representação do conselho de administração da Petrobras. Além disso, sugeriu que os conselheiros indicados pelo governo devem ser de total confiança do presidente Lula.

Os integrantes do governo brasileiro têm discutido a possível substituição do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, devido ao descontentamento com a direção da empresa, conforme fontes. No entanto, o Palácio do Planalto negou tal movimento. Em resposta, a FUP, ligada ao PT, expressou preocupação, apontando que interferências políticas prejudicam a Petrobras, os trabalhadores, o governo e o povo brasileiro. A nota não especifica qual bloco político estaria interessado em assumir o controle da Petrobras. A administração de Prates enfrenta críticas do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, em questões como preços de combustíveis e exploração na Margem Equatorial.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve se reunir com Jean Paul Prates e ministros para discutir o plano de investimento da Petrobras, programado para ser divulgado neste mês. Lula expressou descontentamento com alguns pontos do esboço do plano e busca mais contratações no Brasil para a construção de embarcações, visando maior geração de empregos no país. O encontro ocorre enquanto a FUP alerta para pressões na Petrobras, intensificando as discussões sobre a interferência política na estatal.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado