Taxas do Tesouro Direto crescem nesta quinta-feira (30)

(Foto: Pixabay/Pexels)

Nesta quinta-feira (30), o mercado financeiro observou um aumento significativo nas taxas dos títulos do Tesouro Direto, movimento este impulsionado pelos novos dados sobre desemprego no país. Às 9h22, os títulos prefixados com vencimento em 2026, 2029 e os com juros semestrais para 2033 apresentaram taxas de 10,14%, 10,66% e 10,85%, respectivamente.

Essa variação nas taxas representa uma mudança considerável em comparação com os valores do dia anterior. Os papéis foram negociados pelos preços unitários de R$ 817,11 (2026), R$ 598,52 (2029) e R$ 995,35 (2033).

Além disso, os títulos atrelados à inflação, especificamente os Tesouro IPCA+ com vencimentos em 2029, 2035 e 2045, também mostraram uma performance mista. As taxas para estes títulos foram registradas em 5,50%, 5,66% e 5,76%, com os valores dos papéis cotados a R$ 3.115,68, R$ 2.222,78 e R$ 1.257,96, respectivamente.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado