Alta nas taxas do Tesouro Direto e variação nos EUA

Foto: Leeloo Thefirst/Pexels

Em um movimento notável no mercado financeiro, as taxas dos títulos do Tesouro Direto operaram em alta nesta terça-feira (5). Observou-se um aumento significativo nas taxas dos prefixados 2026, 2029 e com juros semestrais 2033, registrando 10,09%, 10,70% e 10,96%, respectivamente. Estes papéis foram negociados a preços de R$ 818,82, R$ 598,14 e R$ 990,79, evidenciando um cenário de mudanças para os investidores.

Paralelamente, os títulos de inflação do Tesouro IPCA+ para os anos de 2029, 2035 e 2045 mostraram uma variação mista. As taxas subiram para 5,51% e 5,62% e desceram para 5,71%, respectivamente, com os valores dos papéis marcando R$ 3.117,63, R$ 2.234,97 e R$ 1.272,22.

Contrastando com o cenário nacional, nos Estados Unidos, os rendimentos dos treasuries com vencimentos de 10, 20 e 30 anos demonstraram uma tendência de queda, atingindo 4,23%, 4,55% e 4,38%, respectivamente. Esta variação nos mercados internacionais oferece uma perspectiva diversa para os investidores atentos às tendências globais.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado