Alterações nas taxas do Tesouro Direto

Dívida Pública
Foto: HL Investimento/Divulgação

No mercado financeiro, observamos mudanças significativas nas taxas do Tesouro Direto, principalmente após a divulgação do último Boletim Focus. As taxas dos títulos prefixados apresentaram um aumento notável. Especificamente, o Tesouro Prefixado 2026 registrou um crescimento na sua taxa, passando de 9,99% na sexta-feira para 10,04% na manhã de hoje. Além disso, outros títulos como o Tesouro Prefixado 2029 e o Tesouro Prefixado 2033 também mostraram um leve aumento em suas taxas, respectivamente de 10,59% para 10,60% e de 10,88% para 10,89%.

Por outro lado, os títulos atrelados à inflação demonstraram uma tendência de queda nas suas taxas. O destaque fica para o Tesouro IPCA+ 2035, que teve uma redução de 1 ponto percentual, estabelecendo sua nova taxa em 5,64%. Outros títulos, como o Tesouro IPCA+ 2029 e o Tesouro IPCA+ 2045, também registraram mudanças, mantendo-se estáveis ou exibindo ligeiras quedas nas suas taxas.

Essas variações refletem as dinâmicas do mercado financeiro e são importantes para investidores que buscam oportunidades no Tesouro Direto.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado