Inteligência Artificial: Papa pede acordo global; Brasil delibera até maio

Inteligência Artificial: Papa pede acordo global; Brasil delibera até maio
(Foto: Vatican Media/Divulgação)

Nesta quinta-feira (14), o Papa Francisco fez um apelo à comunidade internacional para criar um tratado regulatório global para a Inteligência Artificial (IA). Em sua mensagem para o Dia Mundial da Paz, o líder da Igreja Católica destacou a ameaça representada pela IA e a necessidade de proteger os valores humanos diante da “ditadura tecnológica”.

Enfatizando que os algoritmos não devem substituir os valores humanos, o pontífice também alertou para os perigos associados ao uso da inteligência artificial no setor de armamentos, especialmente na criação de novas armas ou na adaptação de sistemas existentes.

Enquanto isso, no Brasil, a comissão do Senado responsável por analisar propostas de regulamentação da IA decidiu prorrogar seus trabalhos por mais 120 dias. O presidente da comissão, senador Carlos Viana (PODE-MG), justificou a extensão de prazo devido à “complexidade do tema”.

A Comissão Temporária Interna sobre Inteligência Artificial (CTIA) foi criada em agosto. Originalmente, tinha até 16 de dezembro para concluir a análise de cinco propostas de regulamentação da IA no país. Agora, com a prorrogação, a CTIA terá até maio de 2024 para produzir um relatório final.

Viana destacou a necessidade de avaliar o tema não apenas tecnicamente, mas também economicamente, examinando as contribuições colhidas em audiências públicas nos próximos meses. Presidida por Viana, a comissão tem vice-presidência do Astronauta Marcos Pontes (PL-SP) e relatoria de Eduardo Gomes (PL-SE).

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado