Fórum de Davos: ministros buscam investimentos para o Brasil

Davos Brasil
(Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil).

No renomado Fórum Econômico Mundial em Davos, três importantes ministros brasileiros enfatizaram a posição estratégica do Brasil na transição energética global. Eles ressaltaram o potencial do país como destino seguro para investimentos focados em sustentabilidade, especialmente em alimentos, energia e saúde.

Liderança brasileira na sustentabilidade

Marina Silva, Ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Nísia Trindade, Ministra da Saúde, e Alexandre Silveira, Ministro de Minas e Energia, apresentaram o tema “a transformação sustentável do Brasil”. Eles destacaram o compromisso do governo em utilizar esses setores para combater as desigualdades sociais e impulsionar um novo ciclo de prosperidade.

Adicionalmente, Marina Silva destacou as ações do governo brasileiro no último ano, ressaltando a importância da política ambiental transversal para a justiça social. Assim, o Brasil, com sua posição de produtor de energia limpa e renovável, contribui significativamente para a transformação energética do planeta.

Investimentos sustentáveis 

A ministra também mencionou esforços para promover finanças sustentáveis e bioeconomia, visando posicionar o Brasil como um país moderno e consciente das questões climáticas e sociais. Isso se reflete na segurança para investimentos, com uma economia circular e infraestrutura inovadora.

Por sua vez, Alexandre Silveira enfatizou as oportunidades de investimento no Brasil, especialmente em energia limpa. Ele citou o avanço do sistema de transmissão e a expansão dos parques eólico e solar no nordeste.

SUS em destaque

Nísia Trindade discutiu o papel do SUS na redução das desigualdades sociais. Ela enfatizou a criação de um complexo industrial de saúde, vinculado à biodiversidade brasileira, para a produção de biofármacos.

Assim, os ministros reforçaram que o Brasil não só retornou ao cenário global, mas se estabeleceu como líder em sustentabilidade e justiça social. Além disso, destacaram a visão do país em fornecer alimentos de baixo carbono e liderar na geração de energia limpa e renovável.

De fato, a participação no Fórum Econômico Mundial deixa claro que o Brasil está preparado para liderar a transição energética global, com oportunidades únicas para investimentos sustentáveis.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado