Conheça projeto de economia solidária voltado para população de rua

economia solidária
(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil).

O Governo Federal, liderado pelo presidente Lula, adotou uma nova abordagem para apoiar a população em situação de rua. O governo sancionou recentemente a Política Nacional de Trabalho Digno e Cidadania para a População em Situação de Rua (PNTC PopRua), prometendo transformações significativas por meio da economia solidária. O governo federal anunciou este plano em dezembro de 2023 como parte do amplo Plano Ruas Visíveis, com o objetivo de melhorar a vida de muitos brasileiros vulneráveis.

A estratégia central do plano gira em torno da economia solidária, baseada no cooperativismo e na gestão democrática. Além disso, o plano enfatiza a importância da qualificação profissional e da elevação da escolaridade para a população de rua. A meta é não apenas oferecer empregos, mas também assegurar a dignidade e a inclusão social desses cidadãos.

Uma das principais características do PNTC PopRua é a criação de Bolsas de Qualificação para o Trabalho e Ensino da População em Situação de Rua (Bolsas QualisRua). Essas bolsas são essenciais para garantir que as pessoas em situação de rua possam continuar seus estudos e treinamentos. Além disso, são planejados investimentos substanciais, com um total de R$ 1,2 milhão pela União, para impulsionar o projeto.

Os Centros de Apoio ao Trabalhador em Situação de Rua (CatRua) desempenham um papel crucial nesse cenário, atuando como pontos focais. Eles são responsáveis por cadastrar e orientar a população de rua, facilitando, assim, o acesso a serviços essenciais como o Sistema Nacional de Emprego (Sine) e programas educacionais, como o Pronatec.

Por outro lado, outro aspecto relevante é a inclusão produtiva. Neste contexto, o plano incentiva os governos locais a comprar produtos e serviços. Essas iniciativas de economia solidária, criadas por pessoas em situação de rua, contribuem significativamente para promover um ciclo sustentável de emprego e produção.

Perfil da população em vulnerabilidade

Em resumo, o perfil da população de rua realizado em 2023 pelo Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania revela a urgência deste plano. Com 38% dos 221.113 indivíduos registrados apontando o desemprego como principal causa de sua situação, fica claro que ações como a PNTC PopRua são cruciais para uma mudança significativa. Essa política não é apenas uma questão de emprego, mas um passo em direção à dignidade e cidadania para todos.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado