Valor da energia deve subir em 2024, afirma Aneel

Zara
(Imagem: Anthony Indraus / Pexels)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) afirmou que a conta de luz vai subir 5,6% em 2024, afetando as 52 concessionárias de distribuição de energia do Brasil. O diretor-geral da agência, Sandoval Feitosa, adiantou a informação em uma entrevista à CNN.

Anteriormente, a Aneel, previa um aumento de 6,8%. Contudo, o aumento real de 5,9%. Esse ano, os reajustes nas contas de luz ultrapassam as estimativas de mercado para o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) e para  IPCA, como indicado no boletim Focus do Banco Central, que registra taxas de 4,04% e 3,86%, respectivamente.

O diretor-geral da Aneel, Sandoval Feitosa, apontou três razões principais para o aumento acima da inflação. A primeira é a expansão da rede básica de energia, com leilões de linhas de transmissão programados para 2023 e 2024, que totalizam R$ 60 bilhões em novos investimentos. É necessário repassar esses investimentos aos consumidores por meio das tarifas.

O aumento dos subsídios no setor é o segundo motivo. Os consumidores de todo o país compartilham a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que está prevista para atingir R$ 37 bilhões em 2024, em comparação com R$ 34 bilhões no ano anterior. Desde 2010, os recursos do CDE tiveram um crescimento significativo de 269%.

Por fim, Sandoval Feitosa mencionou o fim da devolução dos créditos tributários decorrentes da exclusão do ICMS da base de cálculo de PIS/Cofins. Os consumidores receberam mais de R$ 50 bilhões em devoluções devido a pagamentos indevidos, mas a maioria desses créditos foi usada em 2022 e 2023. Portanto, o impacto positivo nas contas de luz será menor em 2024.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado