Brasil e Bolívia firmam parceria em fertilizantes

brasil e bolívia firmam parceria comercial de fertilizantes
(Foto: Marcio Batista/MRE).

Os governos do Brasil e da Bolívia firmaram um memorando de entendimento, nesta terça (30/1), com o objetivo de ampliar a produção de fertilizantes entre os dois países. Este acordo busca não só aumentar a disponibilidade destes insumos essenciais, mas também fortalecer as relações comerciais e técnicas entre as duas nações.

Estratégia conjunta e benefícios

A parceria prevê a realização de estudos detalhados, visando à construção de novas fábricas de fertilizantes nitrogenados. Além disso, inclui o mapeamento geológico e a pesquisa mineral. Tais medidas têm o objetivo de facilitar o comércio e aumentar a produção dos insumos agrícolas.

Um grupo de trabalho conjunto, formado por especialistas de ambos os países, será responsável por desenvolver um plano estratégico. Este plano seguirá as legislações nacionais, visando maximizar os resultados da cooperação.

A Bolívia, rica em gás natural e minerais, possui um grande potencial para a produção de fertilizantes. No entanto, enfrenta desafios como a falta de recursos e capacitação técnica. O memorando busca superar essas barreiras, promovendo a cooperação técnica e atração de investimentos para o setor.

Durante a visita da chanceler boliviana ao Brasil, além do memorando sobre fertilizantes, os países também acordaram sobre a validade das carteiras de habilitação, facilitando o trânsito entre os dois territórios.

Comércio e segurança energética

A relação comercial entre Brasil e Bolívia é robusta, com um fluxo que ultrapassou os 3 bilhões de dólares no último ano. A Bolívia é um fornecedor chave de gás natural para o Brasil, desempenhando um papel vital na segurança energética brasileira.

Este acordo entre Brasil e Bolívia marca um avanço importante na cooperação bilateral, com potencial para beneficiar não só os setores agrícola e energético, mas também fortalecer os laços econômicos e técnicos entre os dois países.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado