IBM exige retorno presencial de gerentes nos EUA

IBM exige retorno presencial de gerentes nos EUA
(Foto: Carson Masterson/Unsplash)

A gigante da tecnologia IBM tomou uma decisão firme em relação ao modelo de trabalho de seus gerentes nos Estados Unidos. Em um memorando interno, revelado inicialmente pela Bloomberg, a empresa estipula que os gerentes devem comparecer ao escritório pelo menos três vezes por semana. Essa medida marca uma mudança para o trabalho híbrido, que combina atividades presenciais e remotas.

Mudanças e exigências

A nova política da IBM requer que os gerentes residam a no máximo 80 quilômetros de um escritório da empresa ou de um cliente. Aqueles que não conseguirem se realocar até agosto enfrentarão a possibilidade de deixar a organização. Além disso, o controle da presença será realizado pela área de Recursos Humanos, que acompanhará a frequência dos colaboradores através da validação por crachá.

Exceções e declarações

Há, contudo, exceções previstas para funcionários que enfrentam questões médicas ou que precisam prestar serviço militar. Em maio do ano passado, a CEO Arvind Krishna havia declarado que não forçaria a volta ao escritório, porém mencionou que os trabalhadores remotos poderiam ter desvantagens em momentos de promoção. “A IBM está focada em fornecer um ambiente de trabalho que equilibre flexibilidade com interações presenciais”, afirmou um porta-voz da empresa, reiterando o compromisso com um modelo de trabalho que valoriza tanto a eficiência quanto a interação humana direta.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado