Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

‘Sofá na Caixa’ faz sucesso e fatura R$ 1,6 milhão em 7 dias

Rubens Stuque, da Sofá na Caixa
Rubens Stuque, CEO da Sofá na Caixa (Foto: Divulgação/Sofá na Caixa).

A startup Sofá na Caixa, criada por Rubens Stuque, um jovem empreendedor reconhecido pela Forbes Under 30, apresentou uma solução inovadora para o mercado de móveis. Com o lançamento de seu produto modular e fácil de montar, entregue em caixas compactas, a empresa registrou um faturamento impressionante de R$ 1,6 milhão logo na primeira semana de vendas.

Inovação no mercado de móveis

Visando eliminar o questionamento comum sobre a compatibilidade do tamanho dos sofás com o espaço disponível nas residências, a Sofá na Caixa oferece uma alternativa prática. O móvel, que pode ser facilmente montado pelo próprio usuário, é projetado para se adaptar a qualquer ambiente, independentemente de suas dimensões.

O sucesso foi imediato: cem unidades foram vendidas nas primeiras oito horas de disponibilidade, evidenciando a aceitação do mercado. A meta da empresa, segundo Stuque, é ambiciosa: vender 50 mil unidades e alcançar um faturamento de R$ 90 milhões no primeiro ano.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Flexibilidade e design

Cada módulo do sofá, vendido individualmente, permite aos clientes criar combinações que atendem às suas necessidades específicas, podendo chegar a configurações de até cinco lugares. O preço acessível, com módulos a cerca de R$ 980 e a possibilidade de adquirir um sofá de dois lugares por R$ 1.800, torna o produto ainda mais atrativo.

Além da facilidade de montagem e desmontagem, ideal para quem costuma se mudar com frequência, o design minimalista dos sofás permite que se integrem a diversos estilos de decoração.

Uma abordagem sustentável

Stuque não apenas visa transformar o varejo de móveis com produtos que acompanham as tendências de mercado, mas também se preocupa com o impacto ambiental. A empresa trabalha para que seus sofás sejam neutros em carbono e está desenvolvendo uma espuma verde, além de uma linha biodegradável, visando minimizar o impacto ambiental.

Estrutura e tecnologia própria

A Sofá na Caixa estabeleceu sua produção em uma fábrica própria localizada em Campinas, com centros de distribuição em pontos estratégicos para otimizar a logística. Isso permite um controle rigoroso de qualidade.

A tecnologia desenvolvida internamente pela empresa utiliza elementos como poliol e TDI para criar uma espuma que oferece durabilidade e conforto, alinhando-se às necessidades do consumidor moderno, especialmente das classes B e C.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado