Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Aumento na procura do seguro de desvio de carga em 2023


Aumento na procura do seguro de desvio de carga em 2023

(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Seguro de Responsabilidade Civil de Desvio de Carga registrou um aumento em 2023, atingindo R$ 1,1 bilhão em contratos, revela a Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg). O valor representa um crescimento de 8,8% em relação ao ano anterior, quando os contratos totalizaram R$ 982,7 milhões. Em comparação com 2019, o aumento é de 71%.

Esse tipo de seguro é fundamental para indenizar em casos de desaparecimento total da carga, roubo durante o transporte ou nos depósitos e armazéns. Além disso, roubos durante viagens fluviais na região Amazônica.

A CNseg aponta que as transportadoras estão cada vez mais preocupadas com a segurança financeira e as mudanças trazidas pela Lei 14.599/23 tornaram obrigatória a contratação de três novos tipos de seguros de responsabilidade civil pelas transportadoras.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

No cenário regional, o Sudeste lidera, respondendo por 62% da arrecadação e 69% dos pagamentos de indenizações. São Paulo se destaca, arrecadando R$ 522,6 milhões e pagando cerca de R$ 275,5 milhões em apólices. Assim, representa mais da metade dos valores do Sudeste.

Além disso, outros estados têm relevância no mercado de Seguro Desvio de Carga, como Paraná e Minas Gerais. O Paraná arrecadou R$ 96,5 milhões e pagou R$ 24,2 milhões em indenizações. Já Minas Gerais teve uma demanda de R$ 82 milhões e pagamentos aos segurados de R$ 36,2 milhões.

O produto direciona-se aos transportadores, que são as empresas responsáveis pela movimentação das cargas listadas no Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC) da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Indenizações

A CNseg também destacou que, nos últimos cinco anos, o mercado segurador desembolsou mais de R$ 2 bilhões em indenizações por cargas roubadas no Brasil. Em 2023, foram pagos R$ 477,2 milhões em indenizações pelo Seguro de Responsabilidade Civil de Desvio de Carga, um aumento de 55% em relação a 2019.

Apesar disso, houve um recuo em 2022, com uma redução de 24,1% nos pagamentos, alinhado aos dados do Ministério da Justiça, que indicaram uma queda de 11% na ocorrência desse tipo de crime. No entanto, o Brasil ainda figura como o segundo país com maior registro de roubo de cargas, perdendo apenas para o México, segundo a CNseg.

Um levantamento da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística aponta um prejuízo anual em torno de R$ 1 bilhão. São Paulo lidera os índices de roubo de carga no Brasil, respondendo por 46% dos mais de 17 mil casos registrados no país, conforme o “Relatório de Roubo de Carga no Brasil”, do Centro de Inteligência da Overhaul.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado