Pesquisar
Close this search box.

Índia vai importar mais óleo de soja em 2024, entenda

Índia importa óleo de soja
(Foto: Studio Art Smile/Pexels)

Em uma reviravolta nas políticas de importação, a Índia, líder mundial na compra de óleos vegetais, está ajustando suas preferências comerciais em favor do óleo de soja, enquanto planeja diminuir a dependência do óleo de palma. Este movimento estratégico sinaliza uma mudança na importação de óleos pela Índia e reflete uma reação às dinâmicas de mercado e possíveis considerações ambientais.

Preferências em transformação

De acordo com Sandeep Bajoria, CEO do Sunvin Group, uma empresa de consultoria e corretagem de óleo vegetal, a Índia está projetada para elevar suas importações de óleo de soja para 4,3 milhões de toneladas no ciclo comercial de 2023/24, um salto em relação às 3,5 milhões de toneladas do ano anterior. Este aumento não é apenas um indicativo da nova preferência de óleo vegetal na Índia mas também destaca a adaptabilidade do país às mudanças nas margens de refino, que recentemente favoreceram o óleo de soja em detrimento do de palma.

Declínio no óleo de palma

Espera-se que as importações de óleo de palma caiam para 9,2 milhões de toneladas em 2023/24, contra 10 milhões de toneladas registradas anteriormente. Esta redução poderia influenciar significativamente os mercados produtores principais, como Indonésia e Malásia, levando a um excesso de estoque e impactando os preços futuros no cenário global.

Estabilidade no óleo de girassol

Contrastando com as oscilações nas importações de óleo de soja e palma, a Índia mantém sua demanda por óleo de girassol estável, com cerca de 3 milhões de toneladas previstas para o mesmo período. Este equilíbrio nas importações de óleo de girassol destaca a diversificação da cesta de importação de óleo vegetal do país.

Impacto no consumo e no Mercado Global

A expectativa é que o total de importações de óleo vegetal se mantenha estável em 16,5 milhões de toneladas, refletindo um consumo robusto de cerca de 26,5 milhões de toneladas quando combinado com a produção doméstica. A mudança na importação de óleo pela Índia não apenas altera o panorama interno de consumo de óleos vegetais mas também pode repercutir significativamente nos mercados globais, ajustando as dinâmicas de oferta e demanda.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado