Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

América Latina e Caribe precisam aumentar produtividade, diz BID

América Latina e Caribe
(Foto: Reprodução/Governo de São Paulo)

Em um cenário econômico global cada vez mais competitivo, a América Latina e o Caribe enfrentam o desafio de impulsionar sua produtividade. O relatório “Pronto para Decolar? Aproveitando a Estabilidade Macroeconômica para o Crescimento” do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), coloca que a América Latina e o Caribe precisam encontrar formas de conseguir elevar a produtividade. Este é o ponto central para alcançar um crescimento econômico sustentável e resiliente. O documento traz uma luz sobre como a região, apesar de um crescimento acima das expectativas em 2023, precisa acelerar reformas estruturais para manter o ritmo.

O relatório do BID faz uma convocação urgente para que a América Latina e o Caribe adotem medidas que fomentem a produtividade. Esse foco não é apenas crucial para enfrentar adversidades econômicas futuras, mas também para assegurar um desenvolvimento econômico de longo prazo. Segundo o estudo, mesmo com um crescimento econômico de 2,1% em 2023, as projeções indicam uma desaceleração para 1,6% em 2024, reiterando a importância de ações decisivas agora para prevenir um declínio mais acentuado.

Região com potencial

A região possui um potencial significativo em setores como segurança alimentar, energias renováveis e combate às mudanças climáticas. Contudo, a realização plena desse potencial está condicionada à capacidade de reforçar o desempenho econômico através de políticas que melhorem a eficiência produtiva. A persistente defasagem em produtividade, em comparação com economias mais avançadas, ressalta a necessidade de reformas que abordem tanto o capital humano quanto o capital físico.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Embora os países da América Latina e do Caribe estejam prontos para contribuir para a demanda mundial em setores críticos como segurança alimentar, energias renováveis e mudanças climáticas, ainda precisam avançar nas reformas para aumentar a produtividade, melhorar a resiliência econômica e promover o crescimento sustentável”, disse atrabés de nota o economista-chefe e gerente geral do Departamento de Pesquisa do BID, Eric Parrado..

O BID ressalta que o sucesso na melhoria da produtividade dependerá da adoção de uma estratégia abrangente, que envolva todos os setores da sociedade. Enfrentar este desafio complexo requer ação coletiva e comprometimento com reformas de longo prazo.

Ao enfrentar essas complexidades, os formuladores de políticas da América Latina e Caribe podem promover um ambiente propício ao crescimento econômico sustentado e inclusivo”, diz o relatório.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado