Pesquisar
Close this search box.

Amazon é investigada nos EUA por supostas vendas ilegais

Investigação da Amazon. (Foto: Yender Gonzalez/Unsplash)
Investigação da Amazon. (Foto: Yender Gonzalez/Unsplash)

A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC) confirmou que a Amazon está sendo investigada por supostamente comercializar dispositivos eletrônicos ilegais. Esses dispositivos, conhecidos como “jammers”, têm o potencial de interferir em sistemas de segurança, bloquear sinais de drones e interromper redes Wi-Fi.

Dispositivos de interferência sob escrutínio

A investigação, inicialmente reportada pela NBC News, foca em dispositivos de interferência de sinal de rádio. Segundo a FCC, o uso e a comercialização desses equipamentos são proibidos por lei federal, uma vez que podem obstruir comunicações autorizadas, incluindo chamadas de emergência para o 911 e sistemas de radar da polícia.

Preocupações legais na investigação da Amazon

Os reguladores da FCC enfatizaram a ilegalidade de anunciar, vender, distribuir ou importar dispositivos de interferência nos Estados Unidos. Tais equipamentos não só violam a lei que está em vigor há 90 anos, como também representam uma ameaça significativa à segurança pública e às comunicações essenciais.

Ampliação do interesse público

Embora a tecnologia por trás dos dispositivos de interferência não seja nova, a investigação revela um interesse público contínuo nessas ferramentas. Alguns dos dispositivos em questão possuem custos elevados, o que sugere um apelo potencial para organizações e empresas preocupadas com segurança, além do mercado de consumidores individuais.

Outros varejistas também investigados

Além da Amazon, a FCC está examinando outras plataformas de varejo que possam estar envolvidas na venda de tais dispositivos ilegais. A natureza específica dos produtos e os varejistas adicionais sob investigação ainda não foram divulgados. A Amazon não comentou as acusações até o momento.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado