Pesquisar
Close this search box.

Companhia das Letras aposta no mercado nordestino de leitores

Companhia das Letras aposta no mercado nordestino de leitores
(Foto: Divulgação/Companhia das Letras).

Para superar os desafios logísticos no Brasil, a Companhia das Letras, uma das principais editoras do país, adotou uma nova estratégia para melhorar a distribuição de seus livros na região Nordeste. A iniciativa inclui a abertura de um centro de distribuição em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife, e a utilização de navegação de cabotagem para diminuir os custos de frete.

Este plano, discutido antes da pandemia de covid-19, foi pausado e retomado um ano atrás, com expectativas de crescimento de receita em 20% em dois anos na região. Segundo Luciana Borges, diretora comercial do grupo, essa abordagem pode desbloquear um alto potencial de faturamento para a editora.

O novo centro em Pernambuco, que começa operar oficialmente nesta semana, terá capacidade para 1,5 milhão de volumes, complementando o centro de Guarulhos, que tem capacidade para 9 milhões de exemplares. João Lapenna, gerente de logística da Companhia das Letras, sublinha o desafio de atender a demanda fora do Sudeste, onde a infraestrutura logística é mais desenvolvida.

A aceleração na distribuição visa atender melhor o público jovem, acostumado à rapidez da internet, e reduzir o tempo de espera por livros no Nordeste, de 20 para 7 dias. Além disso, espera-se que a estratégia permita que as livrarias diversifiquem mais seus catálogos, indo além dos best-sellers e lançamentos.

A parceria com a Transpo Express para a navegação de cabotagem entre portos nacionais visa reduzir os custos de frete em 40%, além de oferecer benefícios ambientais, com redução de 70% nas emissões de carbono em comparação com o transporte rodoviário. Mariana Martins, CEO da Transpo Express, destaca a importância dessa parceria para a eficiência no transporte de livros.

Com essa nova operação, a Companhia das Letras espera atender a demanda atual. Além disso, pretende criar novas oportunidades de mercado. A iniciativa de distribuição também é vista como um passo importante para o fortalecimento da presença de autores nordestinos e para a promoção de eventos literários na região.

Em suma, a estratégia da Companhia das Letras para o Nordeste reflete um compromisso de longo prazo com o crescimento no mercado de livros, atendendo não só às livrarias e ao e-commerce mas planejando futuramente expandir o atendimento a escolas e órgãos governamentais locais. Este esforço conjunto visa fortalecer a cultura literária e educacional na região, aproveitando o potencial de um mercado até então subexplorado.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado