Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Expansão imobiliária impulsiona qualificação de corretores

Diogo Martins, CEO do Instituto Brasileiro de Educação Profissional (IBREP).

O ano de 2023 marcou um período de retomada e expansão elevada para o mercado imobiliário no Brasil. Este segmento experimentou um aumento de 32,6% nas vendas de imóveis novos em comparação com o ano anterior, alcançando a marca de 163 mil unidades vendidas. Este crescimento não somente estabeleceu um novo recorde, mas também representou o segundo maior volume desde o início da série histórica em 2014, conforme dados do indicador Abrainc-Fipe, fruto da colaboração entre a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) e a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Impulso na Profissionalização

Diante desse cenário promissor, o setor imobiliário tem atraído um número crescente de profissionais. De fato, o Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci) observou um acréscimo de 8,28% no registro de novos corretores em 2023, comparado ao ano anterior, elevando o total para mais de 554 mil profissionais habilitados no país. Esse aumento na demanda por corretores de imóveis qualificados motivou a autarquia a considerar a implementação de um exame de proficiência obrigatório para os futuros registrados, visando assegurar a qualificação necessária para ingressar no mercado.

Qualificação e Educação

A proposição do Cofeci de um exame de proficiência visa elevar o padrão de qualidade dos profissionais atuantes no mercado. João Teodoro, presidente do Cofeci, destaca a importância dessa medida para garantir um alto nível de qualificação, valorizar a profissão e proteger tanto o mercado quanto os consumidores. Paralelamente, Diogo Martins, CEO do Instituto Brasileiro de Educação Profissional (IBREP), enfatiza que a inclusão do exame tornará o processo de entrada na profissão mais seletivo, promovendo uma seleção natural de profissionais preparados. O IBREP, instituição com quase duas décadas de experiência na formação de corretores, afirma estar bem posicionado para adaptar seu currículo às novas exigências sem grandes alterações, planejando inclusão de grupos de estudo e mentorias voltadas para o exame.

conteúdo patrocinado

Perspectiva de Queda na Selic

Um aspecto relevante para o vigor do mercado imobiliário é a perspectiva de queda na taxa Selic, atualmente em 11,25% ao ano. A expectativa de redução dessa taxa para abaixo de um dígito no segundo semestre contribui para o otimismo quanto à continuidade do crescimento do setor.

A ascensão do mercado imobiliário em 2023 não apenas reflete a dinâmica econômica favorável, mas também sinaliza um movimento em direção à profissionalização e qualificação no setor. A implementação de medidas como o exame de proficiência pelo Cofeci, aliada ao comprometimento de instituições educacionais como o IBREP, sublinha a importância da educação e da capacitação contínua para atender à demanda por profissionais altamente qualificados neste mercado em expansão.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado