Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Johnson & Johnson adquire empresa médica e fortalece portfólio

Johnson & Johnson investe em diversificação do portfólio. (Foto: Brendan McDemird/Reuters)
Johnson & Johnson investe em diversificação do portfólio. (Foto: Brendan McDemird/Reuters)

A Johnson & Johnson anunciou a compra da Shockwave Medical, empresa de dispositivos médicos, por US$ 12,5 bilhões, marcando um dos maiores negócios da empresa voltado ao reforço de seu portfólio de dispositivos médicos cardíacos. A aquisição alinha-se à estratégia da J&J de concentrar esforços no setor de saúde cardíaca, seguindo compras anteriores como a da Abiomed por US$ 16,6 bilhões em 2022 e a da Laminar por US$ 400 milhões.

Inovação em tratamentos cardíacos

A Shockwave Medical, conhecida por seu tratamento de litotripsia intravascular (IVL), procedimento médico minimamente invasivo utilizado para tratar certas condições cardíacas, traz para a J&J uma tecnologia que utiliza ondas de choque para fragmentar placas calcificadas nos vasos sanguíneos, uma abordagem semelhante ao tratamento de pedras nos rins. Este método, geralmente combinado com stents, é aplicado no tratamento de doenças cardíacas caracterizadas pela obstrução das artérias devido a depósitos de cálcio.

Detalhes financeiros da aquisição

A J&J propôs US$ 335 por ação em dinheiro, refletindo um prêmio de 17% sobre o preço de fechamento da ação no final de março, período em que rumores da negociação foram reportados. A ação da Shockwave Medical viu uma valorização de 1,6% nas negociações pré-mercado, atingindo US$ 325,18. O negócio, que avalia a Shockwave em aproximadamente US$ 13,1 bilhões, é financiado por uma combinação de caixa e dívidas, com expectativa de conclusão até meados de 2024.

conteúdo patrocinado

Impacto e expectativas futuras

Em um momento em que o seu produto de sucesso, o Stelara, enfrenta concorrência, a J&J busca diversificar e fortalecer suas ofertas no mercado de saúde. A Shockwave Medical, que registrou vendas de produtos no valor de US$ 730,2 milhões no último ano, desempenha agora um papel central na estratégia da J&J de focar em negócios que agreguem valor ao seu portfólio cardiovascular. As expectativas são de que esta aquisição não apenas amplie as opções de tratamento disponíveis para doenças cardíacas, mas também estimule a inovação contínua no setor.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado