Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Queda anual de 2,5% nas vendas do varejo em março

vendas no varejo
(Foto: Drobotdean/Freepik)

Em março, as vendas do varejo registraram uma pequena alta de 0,2% em relação a fevereiro, apontando para uma tendência de melhoria após uma queda de 0,6% em janeiro. Em fevereiro, as vendas do varejo haviam registrado uma queda de 4,1% frente ao mesmo mês de 2023, segundo o Índice de Atividade Econômica Stone Varejo. Paralelamente, o varejo restrito apresentou aumentos consecutivos nos três primeiros meses, com crescimentos de 0,3%, 1,3% e 1,1%, respectivamente.

Comparativo Anual Apresenta Desafios

No comparativo ano a ano, março de 2024 viu uma queda de 2,5% nas vendas, seguindo uma recuperação tímida de 0,1% em fevereiro e uma queda inicial de 1,7% em janeiro. Essa tendência indica desafios contínuos no varejo, com o varejo restrito também registrando quedas de 2,7%, 0,7% e 1,5% nos primeiros meses do ano.

Performance por Setor

O setor de hipermercados e supermercados mostrou um aumento de 0,7% em relação ao ano anterior. Contudo, o segmento de livros, jornais, revistas e papelaria enfrentou uma queda expressiva de 13,2%, e o setor de material de construção viu uma redução de 12%. Vestuário e calçados e eletrodomésticos também registraram quedas, com 4,5% e 4,0%, respectivamente, enquanto o segmento farmacêutico teve uma leve baixa de 0,8%.

conteúdo patrocinado

Visão dos Especialistas

Matheus Calvelli, da Stone, enfatiza os “sinais de recuperação no varejo”, apesar das quedas anuais. Ele aponta para a melhoria gradual mês a mês como um indicativo de que o setor pode estar se encaminhando para uma retomada mais consistente.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado