Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Alemã Thyssenkrupp anuncia redução de capacidade e mão de obra

Thyssenkrup passa por 'tempestade' na Alemanha. (Foto: Reprodução/Adobe Stock)
Thyssenkrup passa por 'tempestade' na Alemanha. (Foto: Reprodução/Adobe Stock)

A Thyssenkrupp Steel, enfrentando um mercado desafiador, anunciou planos para reduzir sua capacidade de produção e a força de trabalho. A siderúrgica, uma das maiores da Alemanha, sofre com a demanda fraca, altos custos de energia e a concorrência crescente, principalmente da Ásia. Esses fatores forçaram a empresa a reavaliar suas operações para aumentar a competitividade e a rentabilidade.

Detalhes da redução

O plano atual é diminuir a capacidade de produção anual de 11,5 milhões de toneladas para entre 9 e 9,5 milhões de toneladas, alinhando-a com os volumes de embarque dos últimos três anos. Esta mudança ocorre em um contexto de subutilização estrutural da rede de produção da empresa. O impacto dessa redução também resultará em perdas de emprego, cujo número exato ainda está sendo definido. A Thyssenkrupp está em processo de iniciar discussões com os representantes dos trabalhadores para minimizar demissões.

Reação à reestruturação da Thyssenkrupp

A reorganização anunciada reflete uma resposta não só à fraca conjuntura econômica alemã mas também às mudanças de longo prazo no mercado europeu de aço, que está lidando com custos de energia crescentes e pressão das importações asiáticas. Apesar dos desafios, a Thyssenkrupp mantém seu compromisso de transformar suas operações para serem mais sustentáveis, visando uma produção de aço totalmente neutra em termos climáticos até 2045.

conteúdo patrocinado

Contexto industrial e econômico

A Thyssenkrupp tem enfrentado dificuldades para lucrar com sua divisão de aço, levando a tentativas de vender ou reestruturar a unidade nos últimos anos. Recentemente, a empresa discutiu uma joint venture com a EPH, de  empresa de energia e infraestrutura, do bilionário tcheco Daniel Kretinsky, embora a realização ainda esteja incerta. A siderurgia enfrenta uma conjuntura particularmente desafiadora na Alemanha, que tem se esforçado para reduzir sua dependência das fontes de energia russas, exacerbando os custos operacionais.

Operações da Thyssenkrupp no Brasil

A Thyssenkrupp possui uma atuação robusta no Brasil, operando em setores críticos da economia como a indústria automotiva, onde fornece uma gama variada de componentes, e a construção civil, com produtos siderúrgicos e tecnologias de construção. Além disso, a companhia se destaca no mercado de elevadores, sendo responsável por cerca de 10% das instalações de novos elevadores no país. No segmento de aço, a Thyssenkrupp Brasil é uma das líderes, com uma capacidade de produção que ultrapassa 800 mil toneladas por ano, atendendo demandas de infraestrutura e projetos industriais de grande escala.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado