Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Descubra o idioma mais falado no mundo, e como ele impacta no seu salário

Impacto do inglês no salário. (Foto: Diimejii/Pexels)
Impacto do inglês no salário. (Foto: Diimejii/Pexels)

O inglês mantém sua posição como o idioma mais falado globalmente, com mais de 1,4 bilhão de falantes, segundo dados da Ethnologue de 2023. No mundo dos negócios, a fluência em inglês não apenas abre portas para oportunidades internacionais, mas também reverbera nos salários. Estudos indicam que o impacto do inglês no salário pode aumentá-lo entre 40 a 150%, dependendo do nível do cargo.

A fluência no idioma pode melhorar também as chances de conseguir emprego, mesmo em funções que não exigem interação com negócios internacionais. Isso ocorre porque as empresas valorizam o inglês como indicativo de boa comunicação, capacidade de adaptação e mente aberta. Além disso, muitas corporações multinacionais, que têm operações em vários países, tendem a preferir candidatos que possam se deslocar facilmente entre diferentes escritórios e trabalhar com colegas de variadas culturas.

Impacto do inglês no salário

Especialistas em carreira afirmam que dominar um segundo idioma, especialmente o inglês, é crucial para quem busca avanço profissional. Christiana Mello, chief growth officer da Catho, observa que o salário médio para posições que exigem inglês fluente é 108% maior do que para aquelas que não têm essa exigência. Em cargos gerenciais, a diferença salarial pode chegar a 150%, destacando a alta valorização do mercado por profissionais multilíngues. “Com o inglês fluente, você vai ter uma remuneração muito mais interessante”, diz Mello.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Acesso desigual

Apesar dos benefícios, o acesso ao aprendizado da língua ainda é desigual no Brasil. A maior parte dos fluentes são indivíduos que estudaram em escolas privadas e tiveram oportunidades de intercâmbio. Esta disparidade afeta principalmente candidatos negros, que historicamente têm menos acesso à educação de qualidade em idiomas e experiências internacionais, conforme aponta Guibson Trindade Torres, da Associação Pacto de Promoção da Equidade Racial.

Leia também:

Existe inglês perfeito para conquistar uma vaga de emprego?

Estratégias para democratizar o aprendizado de inglês

Para combater as desigualdades no acesso ao inglês, organizações estão incentivando políticas que promovam a equidade racial e o aprendizado inclusivo de idiomas. Iniciativas como o Protocolo ESG Racial estimulam empresas a reverem requisitos de contratação e a oferecerem treinamentos de idiomas, garantindo que mais pessoas possam se beneficiar das vantagens salariais associadas à fluência.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado