Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

1T24: Firjan aponta aumento de empregos no Leste Fluminense; Niterói se destaca

Aumento de empregos no Leste Fluminense. (Foto: Guertzen/Pexels)
Aumento de empregos no Leste Fluminense. (Foto: Guertzen/Pexels)

Os municípios do Leste Fluminense apresentaram um aumento significativo na geração de empregos de janeiro a março de 2024, com um crescimento de 209% em novos postos de trabalho em comparação com o mesmo período de 2023. Esse avanço reflete uma tendência positiva em todo o estado do Rio de Janeiro, que também observou um aumento na criação de empregos.

Desempenho por setores

A análise da Firjan, através da plataforma Retratos Regionais, indica que o setor de serviços liderou a geração de empregos na região, com destaque para as áreas de saúde, educação e construção de edifícios. O setor industrial não ficou para trás, com avanços significativos na manutenção e reparação de máquinas e equipamentos, bem como na construção de embarcações e outras atividades.

Aumento de empregos: impacto regional comparativo

Comparativamente, após a capital, o Leste Fluminense foi a região que mais criou empregos no período analisado, com Niterói liderando o número de contratações formais. No total, o estado do Rio de Janeiro viu a criação de 43.364 vagas no primeiro trimestre de 2024, um aumento em relação ao ano anterior, quando foram criadas 31.470 vagas.

conteúdo patrocinado

Leia também:

Estado registra 274.160 candidatos em Concurso Unificado

Análise do presidente

Ricardo Fernando Guadagnin, presidente da Firjan Leste Fluminense, destacou o potencial de crescimento da região e sua contribuição para a economia do estado. Ele ressaltou a diversidade do mercado de trabalho local e a série histórica positiva de empregos que a região vem mantendo.

“Os registros nos mostram a cada período o potencial de crescimento da região que vem contribuindo com a economia do estado. O Leste segue em uma série histórica positiva, resultado do desempenho do mercado diversificado que temos pelos municípios da região”, afirmou.

Desempenho de Niterói

Em Niterói, o crescimento no emprego foi impulsionado por investimentos nos setores de petróleo, gás e construção civil, principalmente devido aos royalties do petróleo e parcerias público-privadas em novos empreendimentos. O município, que passou por uma rápida recuperação de vagas após a pandemia, agora mostra uma estabilização no mercado de trabalho.

Fatores econômicos em jogo

Jonathas Goulart, gerente de Estudos Econômicos da Firjan, apontou o crescimento do comércio online e o endividamento como fatores que influenciam a dinâmica do mercado de trabalho na região. A expectativa é que a redução dos juros no segundo semestre possa impactar positivamente as lojas físicas e a contratação de pessoal.

Retrospectiva de empregos em 2023

Em 2023, a cidade de Niterói e seus arredores também experimentaram crescimento no mercado de trabalho, segundo dados do painel regional da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). De janeiro a novembro daquele ano, foram criados 4.698 postos formais de trabalho, impulsionados principalmente pelos setores de petróleo, gás e construção civil.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado