Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

M. Dias Branco aumenta lucro em 121,6% no 1º trimestre

M. Dias Branco
(Imagem: divulgação/M. Dias Branco)

No primeiro trimestre de 2024, o sólido Grupo M. Dias Branco, líder no segmento de massas e biscoitos, responsável por marcas como Piraquê, Adria, Richester, Fortaleza e Vitarella, registrou um salto no desempenho financeiro, com lucro alcançando R$ 154,9 milhões, um aumento de 121,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cresceu 59,6%, chegando a R$ 277,3 milhões, apesar de uma redução de 13,9% na receita, que somou R$ 2,14 bilhões.

A queda nos custos de matérias-primas essenciais, como trigo e óleo de palma, que caíram 35,3% e 46,2%, respectivamente, impulsionou o lucro.

A empresa também reportou um aumento expressivo no lucro financeiro, que foi 2,2 vezes superior ao do primeiro trimestre de 2023. Assim, totalizou R$ 192,9 milhões, resultado de uma redução nas despesas financeiras. Além disso, a geração de caixa livre foi forte, atingindo R$ 138 milhões, mais que o dobro do valor gerado no mesmo período do ano passado.

conteúdo patrocinado

Novas Aquisições

Com R$ 2,17 bilhões disponíveis em caixa e uma razão dívida líquida sobre Ebitda quase nula, especula-se que a empresa esteja se preparando para novas aquisições, especialmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. M. Dias Branco planeja utilizar parte desses recursos no programa de recompra de ações, visando adquirir até 3,58 milhões de ações.

O relatório do sólido Grupo M. Dias Branco atribui a redução ao declínio do preço médio em produtos dependentes dos preços das commodities, como farinha e farelo de trigo, margarinas e gorduras. Além disso, destacou a significativa baixa de 34% no custo do óleo de palma comparado ao ano anterior.

Recompra de Ações

No dia 18 de abril, o conselho de administração da M. Dias Branco aprovou a recompra de até 3.580.000 ações. Segundo a empresa, o objetivo é reter essas ações em tesouraria para futuras vendas ou cancelamento, visando maximizar o valor para os acionistas e suportar o Programa de Incentivo de Longo Prazo.

“Os resultados impressionantes deste trimestre refletem a robustez e o excelente gerenciamento da M. Dias Branco. A habilidade da empresa em otimizar custos e expandir seus lucros mesmo em um cenário de receita desafiador é notável. Com uma estratégia clara de reinvestimento, transparência e expansão, especialmente com o potencial de novas aquisições, a M. Dias Branco continuará a ser um líder indiscutível no mercado e a gerar valor excepcional para seus acionistas”, comentou Jackson Pereira Jr., articulista de negócios do Economic News Brasil.

Leia Também:

M. Dias Branco faz doação de alimentos às vítimas das enchentes no RS

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado