Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Banco do Brasil e Nubank criam cartão de crédito em braile

Cartão de crédito em braile. (Imagem: Divulgação/Banco do Brasil)
Cartão de crédito em braile. (Imagem: Divulgação/Banco do Brasil)

No mês passado, coincidindo com o Dia Nacional do Sistema Braile, o Banco do Brasil lançou um cartão de crédito totalmente adaptado para deficientes visuais. Este avanço vem em resposta à demanda por maior autonomia e inclusão financeira para mais de 506 mil brasileiros com deficiência visual, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Adaptações e benefícios do novo cartão

Clientes que se declaram deficientes visuais através do aplicativo ou agência do Banco do Brasil podem agora receber o cartão que inclui número, CVV, nome do titular, data de validade e bandeira, todos impressos em braile. Acompanhando o cartão, um porta-cartão e um folder com instruções detalhadas, ambos em braile e caracteres ampliados, são fornecidos para facilitar a acessibilidade.

Para novos pedidos de cartão ou renovação de cartões expirados, não haverá custo de emissão. Contudo, se houver necessidade de emitir uma segunda via, será cobrada uma taxa igual à de um cartão padrão (R$ 10,80), de acordo com a tabela de tarifas do banco.

conteúdo patrocinado

Cartão de crédito em braile: histórico de inovações e impacto

Keka Ferrari, gerente executiva de Soluções em Meios de Pagamentos do BB, destaca que desde 2009 a instituição já fornecia soluções em braile, como porta-cartões com informações relevantes e contratos em CDs auditivos. Com o lançamento deste novo cartão, o Banco do Brasil solidifica seu papel de liderança em inovações para inclusão.

Leia também:

Ceará destaca-se na inclusão de pessoas com deficiência

Contribuições do Nubank e a produção do cartão

Em fevereiro de 2023, o Nubank lançou o NuBraille, um modelo de cartão que inclui os primeiros nomes ou nomes de empresas em braile, além de parte do número do cartão. Cris Bonafé, diretora de Banking e Soluções da Valid, explica que a adaptação dos cartões envolveu a importação de equipamentos especializados e um rápido ciclo de desenvolvimento e testes, resultando em uma produção eficaz em menos de um mês.

A Importância da lei e o aumento na produção

A Lei 13.835, de 2019, reforça o direito dos deficientes visuais de terem cartões bancários com informações em braile. Desde o lançamento dos novos cartões, a demanda por esta solução acessível cresceu substancialmente, refletindo o impacto positivo da iniciativa.

Perspectiva dos usuários e visão futura

Andréia Aparecida Queiroz, consultora em acessibilidade, relata as dificuldades enfrentadas por pessoas cegas, especialmente na distinção e uso de cartões no cotidiano. A nova solução oferece não apenas praticidade, mas também uma significativa melhoria na qualidade de vida dos usuários. Segundo Tarciana Medeiros, presidente do Banco do Brasil, “o cartão em braile estabelece um novo padrão de inclusão no setor financeiro”.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado