Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Brasileiros perdem R$ 2,7 bi em golpes online de veículos

São Paulo lidera com 28% dos casos de fraudes

Setor automotivo - veículos - carros - seguro automotivo
(Imagem: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

Em 2023, brasileiros perderam R$ 2,7 bilhões em cerca de 91 mil golpes registrados na compra e venda de veículos online, conforme estudo realizado pela OLX. Apesar de uma redução de 60% em comparação com 2022, o número ainda é alarmante.

São Paulo é o estado com maior número de fraudes, respondendo por 28% dos casos. Minas Gerais vem em seguida com 8%, Rio de Janeiro com 7% e Bahia com 6%. Entre os veículos mais visados pelos golpistas, os carros lideram, representando 64% das fraudes. Motos correspondem a 31% e caminhões a 5%.

Portanto, as marcas mais visadas em 2023 foram Chevrolet, Volkswagen, Fiat e Toyota. Os modelos mais atingidos incluem Celta e Gol (9%), Palio (6%), Corsa (5%), Uno e Corolla (4% cada), além de Hilux, Onix e Civic (3%) e HB20, Saveiro, Strada e Ka (2% cada).

Publicidade
Redução dos golpes

Beatriz Soares, VP de Produto da OLX, atribui a redução no número de golpes à educação digital e ao uso da tecnologia. “Quanto mais os brasileiros forem informados sobre os riscos do ambiente online e como se prevenirem, mais efetivo se torna o combate a fraudes”, afirmou Soares.

Dicas para evitar golpes

Sendo assim, para quem planeja comprar ou vender um veículo, é importante estar atento às fraudes. Algumas dicas incluem:

  • Negociar diretamente com o proprietário do veículo ou com a pessoa que irá comprar o item.
  • Visitar o veículo
  • Fazer uma visita presencial ao veículo antes de fechar o negócio, preferencialmente em locais públicos e movimentados, como estacionamentos de shoppings e supermercados.
  • Antes de concluir o negócio, solicite uma Vistoria Cautelar em uma empresa credenciada pelo Detran, junto do dono do automóvel.
  • Fazer o pagamento apenas em uma conta em nome do proprietário do veículo e verificar os dados diretamente com o proprietário. Em caso de venda, confirme os dados bancários da conta em que depositará o valor.
  • Vendedor e comprador devem ir juntos ao cartório para fazer a transferência e realizar o pagamento apenas quando a transação for concluída.

Leia também:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado