Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Ibovespa fecha em queda de 0,32% pressionado por commodities

Sabesp se destaca com alta de 4,47% após anúncio de privatização

Ibovespa - Copom
(Imagem: divulgação/Ibovespa)

O Ibovespa fechou em queda de 0,32%, a 121.407,33 pontos, nesta quarta-feira (5), acumulando o sexto dia consecutivo no vermelho. O índice foi pressionado pelo fraco desempenho das principais commodities, sugerindo ganhos limitados na sessão.

Em contraste com o mercado brasileiro, as bolsas de Nova York fecharam em alta. O S&P 500 subiu 1,18%, o Nasdaq aumentou 1,96% e o Dow Jones teve uma alta de 0,25%. Sendo assi, os dados indicaram sinais de desaquecimento na economia dos EUA, o que colaborou para a queda nos rendimentos dos Treasuries.

Altas e baixas do Ibovespa

A Sabesp (SBSP3) liderou as altas do pregão, fechando com um ganho de 4,47% após anunciar a aprovação da modelagem final para a desestatização. O governo estadual manterá, no mínimo, 18% das ações da Sabesp após a privatização. A Magazine Luiza (MGLU3) também se destacou, subindo 4,64%, recuperando parte da queda de mais de 8% no dia anterior. Além disso, a Azul (AZUL4) registrou alta de 2,18%.

Publicidade

O cenário para as commodities permaneceu desfavorável. As petroleiras Prio (PRIO3), PetroRecôncavo (RECV3) e 3R Petroleum (RRRP3) caíram 1,83%, 3,37% e 3,33%, respectivamente, refletindo a queda nos preços do petróleo. Nas mineradoras, Vale (VALE3) liderou as perdas com uma queda de 1,42%, seguida por CSN (CSNA3) com -0,24%, Gerdau (GGBR4) com -0,81% e CSN Mineração (CMIN3) com -0,64%.

Na ponta negativa, Petz (PETZ3), Vamos (VAMO3) e Embraer (EMBR3) fecharam em quedas de 4,32%, 2,56% e 2,87%, respectivamente. Contudo, o desempenho negativa dessas ações contribuiu para o resultado geral de baixa do índice.

Leia mais:

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado