Mercado imobiliário projeta crescimento de 30% no número de financiamentos, em 2021

Segundo dados da mais recentes da Pesquisa Salarial da Catho, nos três primeiros meses de 2021 o total de financiamentos para imóveis residenciais avançou 113%, na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Mesmo em meio ao cenário de pandemia da covid-19, o mercado imobiliário está otimista e projeta um crescimento de mais de 30% em 2021, depois do avanço de 57,5% no ano passado.

É comum que as pessoas optem por financiamentos na hora de comprar um imóvel, visto que uma propriedade imobiliária pode ser cara, levando em consideração a média salarial no Brasil.

Contudo, a média salarial brasileira varia de acordo com as regiões, assim como o valor dos imóveis muda de acordo com o tamanho, a qualidade, o número de vagas para automóveis e também, com a região.

A média salarial no Brasil ficou de R$ 2.340 em 2019. O levantamento mostra que a média salarial na região Sudeste era a mais alta e ficava em R$ 2.541,90, enquanto a média mais baixa era na da região Nordeste (R$ 1.920,35). Por sua vez, a média salarial da região Sul ficava em R$ 2.286,11, a do Centro-Oeste somava R$ 2.155,11, e a do Norte ficava em R$ 2.025,98.

Levando em consideração a média do salário médio do Nordeste, o indivíduo levaria pelo menos 20 anos reservando dinheiro para comprar um imóvel. Por este motivo, os financiamentos estão sendo o grande atrativo da população brasileira. 

Outro ponto a ser considerado é o aumento do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) em 4,1% no reajuste dos alugueis. No mês anterior, o avanço havia sido de 1,51%. Medido pela Fundação Getulio Vargas, o índice acumula alta de 14,39% no ano e de 37,04% em 12 meses. 

O IGP-M é influenciado por fatores como a oscilação do dólar e cotações internacionais de matérias-primas. Desde 2020, o número tem estado bem acima da inflação oficial do país.

Acesse Canal Telegram.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado