Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Real digital reduzirá ainda mais uso de dinheiro em papel

A criação do real digital não tem o objetivo de eliminar de vez o papel-moeda, mas a tendência é que o uso seja reduzido.
A criação do real digital não tem o objetivo de eliminar de vez o papel-moeda, mas a tendência é que o uso seja reduzido.

Em alguns anos, os brasileiros terão mais uma forma de lidar com o dinheiro. Atualmente está em estudo o lançamento do real digital,o dinheiro digital será emitido pelo Banco Central.De acordo com dados do BC, em junho de 2021, o total de papel-moeda em poder das pessoas era de R$ 283 bilhões, enquanto o volume de depósitos à vista (dinheiro depositado em conta corrente, sem remuneração pelo banco) era de R$ 333 bilhões. Somados a outras formas de liquidez, como os depósitos remunerados, operações compromissadas (compra e recompra de ativos com pagamento de juros) e títulos públicos federais, havia um total de R$ 8,9 trilhões disponíveis de forma digital, ou seja, apenas cerca de 3% dos recursos disponíveis para as operações no país estão na forma de papel-moeda.

A criação do real digital não tem o objetivo de eliminar de vez o papel-moeda, mas a tendência é que o uso seja reduzido. Ainda não há previsão para o lançamento do real digital. A moeda digital será garantida pelo BC e as instituições financeiras vão apenas guardar o dinheiro para o cliente que optar pela nova modalidade.

Entre as diretrizes estão a ênfase no desenvolvimento de modelos inovadores a partir de evoluções tecnológicas, como contratos inteligentes (smart contracts), internet das coisas (IoT) e dinheiro programável; a previsão de uso em pagamentos de varejo; e a capacidade para realizar operações online e, eventualmente, offline.

conteúdo patrocinado
Moedas digitais no mundo

As Bahamas foram o primeiro país a lançar oficialmente seu CBDC, o Sand dollar, em outubro de 2020. A China tem um projeto-piloto em algumas cidades e fará testes com visitantes estrangeiros nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim de 2022.

O banco central dos Estados Unidos, o Fed, e a Digital Dollar Foundation, trabalham para lançar a moeda digital também. Outros países, como Coreia do Sul, Japão e Suécia, também estudam o lançamento da CBDC.

Fonte: Agência Brasil

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado