Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Fortaleza é a capital que mais gerou emprego formais do Norte e Nordeste

(Imagem ilustrativa)

Entre janeiro e dezembro de 2021, Fortaleza seguiu a trajetória de crescimento dos empregos formais e apresentou um saldo positivo de 37.037 vagas de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta segunda-feira (31/01) pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Esse número é o primeiro lugar no saldo de empregos gerados nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A capital cearense se destaca, também, com o maior saldo de empregos entre as capitais do Norte e Nordeste. São 660.737 trabalhando com carteira assinada.

De acordo com os dados do Caged, em 2021, Fortaleza registrou 268.395 admissões ante 231.358 demissões, tendo um saldo positivo de 37.037 empregos formais. Os números apontam que, dezembro de 2021, Fortaleza alcançou o primeiro lugar com 1.222 saldo de empregos gerados entre todas as capitais do Brasil.

Publicidade

No Norte e Nordeste, depois de Fortaleza, as capitais que mais geraram empregos em 2021 foram Manaus/AM (32.712) e Salvador/BA (30.868). No saldo global de empregos gerados no Ceará, Fortaleza foi o primeiro lugar, seguido por Juazeiro do Norte (5.793) e Caucaia (3.477). O Estado do Ceará registrou um saldo positivo de 81.460 mil vagas.

O Brasil criou 2,73 milhões de vagas com carteira assinada em 2021, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. O número é a diferença entre 20.699.802 admissões e 17.969.205 desligamentos registrados todo o ano.

As seis cidades que mais geraram empregos foram São Paulo/SP (336.836), Rio de Janeiro/RJ (81.389), Belo Horizonte/MG (56.930), Brasília/DF (56.011), Curitiba/PR (42.835) e Fortaleza/CE (37.037).

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado