Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Aumento do faturamento para MEI é aprovado na Comissão de Finanças e tributação na Câmara dos Deputados

(Foto: Paulo Sergio/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Finanças e Tributação (CFT), da Câmara dos Deputados, aprovou, nesta terça-feira (14), o Projeto de Lei Complementar (PLP) 23/20, de autoria do Deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE), prevendo o aumento da faixa de faturamento bruto anual para o Microempreendedor Individual (MEI).

De acordo com o texto aprovado, serão considerados MEI aqueles com receita bruta, no ano-calendário anterior, de até R$ 144.913,41 – atualmente, o máximo é R$ 81 mil. O projeto foi aprovado apensado a outros que dispõem sobre o Simples Nacional.

“Quero que a adesão de empreendedores individuais ao regime do Simples Nacional seja menos burocrática, facilitando seu recolhimento tributário e permitindo que progrida nos seus negócios, em benefício de toda a sociedade, pois o empreendedorismo é um grande fomentador de geração de empregos. Com a existência da grande informalidade no mercado de trabalho, urge a necessidade dessa desburocratização. Neste sentido, a ampliação do limite de receita bruta anual seria importante para abrir a oportunidade para mais microempresários, ao mesmo tempo em que atualiza a corrosão inflacionária dos últimos anos”, explica o deputado.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

O projeto segue para votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJC). Depois, no Plenário da Câmara e do Senado.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado