Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Elon Musk compra Twitter e demite executivos

Depois de completar o seu acordo de US$ 44 bilhões para comprar o Twitter, Elon Musk demitiu o CEO Parag Agrawal e dois outros executivos, informou uma fonte familiarizada com o acordo ao CNN Business, na quinta-feira (27).

O fechamento do acordo remove uma nuvem de incerteza que pairou sobre os negócios, funcionários e acionistas do Twitter durante grande parte do ano.

Mas a aquisição de Musk e as demissões imediatas de alguns de seus principais executivos agora levantam uma série de novas questões para o futuro da plataforma de mídia social e os muitos cantos da sociedade impactados por ela.

Publicidade

O empresário disse que planeja repensar as políticas de moderação de conteúdo do Twitter a serviço de uma abordagem com mais “liberdade de expressão”.

Ele também disse que discorda da prática da rede de proibições permanentes para aqueles que violam repetidamente suas regras, levantando a possibilidade de que vários usuários anteriormente banidos possam ressurgir na plataforma.

Talvez, muitos poderão ver em quanto tempo Musk poderá deixar o ex-presidente Donald Trump voltar à plataforma, como disse anteriormente que faria.

Ao tomar essas medidas, Musk poderia, sozinho, derrubar a mídia e o ecossistema político, remodelar o discurso público online e interromper a esfera nascente de propriedades de mídia social de tendência conservadora que surgiram em grande parte em resposta a queixas sobre proibições e restrições no Twitter e outros serviços convencionais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado