Aumento na margem de empréstimo consignado aprovado

A Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 1132/22, elevando a margem do empréstimo consignado para os servidores públicos federais para 45%. Este aumento representa uma mudança em comparação com o limite anterior de 35%.

Novo Limite de Empréstimo

Anteriormente, o limite se dividia em 30% para empréstimos e 5% para cartões de crédito. Agora, dentro do novo limite de 45%, 5% destinam-se especificamente a amortizações ou saques em cartão de crédito e outros 5% a cartões consignados. Os descontos destes créditos consignados ocorrem automaticamente na folha de pagamento dos servidores.

Abrangência do Regulamento

O novo regulamento aplica-se a uma ampla gama de profissionais. Inclui servidores públicos federais da administração direta, municipal e fundacional; servidores públicos federais aposentados; membros das forças armadas; militares do distrito Federal e dos antigos territórios Federais; pensionistas dos servidores e militares das Forças Armadas, Distrito Federal e ex-territórios; e militares em inatividade remunerada.

Outras Vantagens

Conforme a lei 14.431/22, os servidores federais agora podem alocar até 5% do valor do empréstimo para obter um cartão de benefícios. Para aposentados do Regime Geral de Previdência Social, o Conselho Nacional de Previdência Social – CNPS (resolução 1348/22) determina que esse cartão permite contratar e financiar bens, serviços, saques e outros benefícios, incluindo descontos em farmácias conveniadas, auxílio-funeral e seguro de vida, com um valor mínimo de R$ 2 mil cada.

Próximos Passos

O próximo passo é a avaliação no Senado. Este aumento na margem de empréstimo consignado para servidores públicos federais oferece maior flexibilidade financeira para esta importante parcela da população.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado