Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Projeto SouABR rastreia origem sustentável do algodão utilizado em roupas com tecnologia blockchain

Algodão
(Foto: Pexels)

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) lançou o projeto SouABR, em parceria com as marcas Reserva e Renner, utilizando a tecnologia blockchain para rastrear a certificação de origem do algodão sustentável. O consumidor pode escanear um QR Code na peça de roupa para ter acesso aos elos da produção, desde a fazenda até o varejo. O programa oferece mais transparência e incentiva escolhas mais conscientes na moda.

O projeto conta com fornecedores certificados, incluindo empresas como Vicunha Têxtil, Incofios, Renauxview e Dalila, que fazem parte do Texbrasil, um programa de internacionalização da indústria têxtil e de moda brasileira. Atualmente, o Brasil é o maior fornecedor de algodão responsável do mundo, com 84% de sua produção certificada pela Algodão Brasileiro Responsável (ABR).

O processo começa na fazenda, onde a produção atende a um protocolo rigoroso com mais de 180 perguntas divididas em oito critérios, incluindo contrato de trabalho, proibição de trabalho infantil e análogo ao escravo, liberdade de associação sindical, proibição de discriminação de pessoas, segurança, saúde ocupacional e meio ambiente de trabalho, desempenho ambiental e boas práticas agrícolas. As auditorias são anuais e realizadas por empresas certificadoras como a Bureau Veritas e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Publicidade

A Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) destaca que a certificação da sustentabilidade do algodão utilizado pela indústria têxtil brasileira é um ponto de orgulho para o setor e nos destaca frente ao mercado internacional. A tecnologia de rastreamento do programa SouABR deve estar disponível para toda a cadeia têxtil nacional ainda neste ano, oferecendo mais responsabilidade e transparência aos clientes.

 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado